Chia – A queridinha da vez.

17 05 2012

Está na moda e promete milagres. Emagrece, dá energia, riquíssima em vitaminas, concentração, memória, músculos…. a mídia tem divulgado muitos benefícios para a Chia. Mas até que ponto isso tudo é verdade? Em quem acreditar? Quanto tomar? Quando tomar? Sou gestante, amamento, tenho problemas de saúde. E ai?

Bom, minha primeira dica, como sempre, é não acreditar em tudo que aparece por ai. Emagrecer 2Kg em 3 dias não bom pra sua saúde, é tentador, mas te garanto que te trará mais prejuízos que benefícios. A segunda é procurar um NUTRICIONISTA de sua confiança para te ajudar a encontrar o melhor horário e a melhor quantidade para você, ok!

Vamos lá!

A Chia é uma semente mexicana usada desde antes de Cristo com o intuito de aumentar a resistência, energia e força necessária sob condições extremas de calor intenso e escassez de água e alimentos.

Emagrece?

Sim, ela como toda fibra reduz a absorção de gorduras e carboidratos, reduzindo assim as calorias ingeridas, além de ajudar no funcionamento intestinal  isso tudo influencia muito na redução de peso. Mas também tem outra propriedade, quando entra em contato com líquido ela forma uma capa em gel que aumenta seu volume dando uma sensação de saciedade mais rápido.

Regula o intestino?

Sim, justamente pelo alto teor de fibras, mas para isso é necessário ingerir bastante água, se não o efeito é contrário. 100g de chia tem 13,6g de fibra, pra você ter noção precisamos de 25 a 30g de fibras por dia. (essa medida é para adultos sem nenhum problema de saúde, ok!)

100g de chia = aproximadamente 7 colheres de sopa

Auxilia no tratamento de diabetes?

Assim como toda fibra, já que reduz a absorção de carboidratos evitando picos da glicemia.

Ômega 3:

Ela é rica em ômega 3 então melhora concentração, memória, deixa a pele mais bonita, previne doenças cardiovasculares, aumento do colesterol, envelhecimento precoce, minimiza os danos causados pelos raios UV, poluição, evita depressão e aumenta a absorção de muitos nutrientes. Estudos comprovaram que gestantes que consumiram ômega 3 durante a gravidez tiveram filhos com Q.I. mais alto do que as que não consumira. Uma colher de sopa cheia tem aproximadamente 2 g de ômega 3.

Cálcio:

Intolerante a lactose que agradeçam. É uma ótima e confiável fonte de cálcio, uma porção de 25g (aproximadamente 2 colheres de sopa) tem cerca de 21% da necessidade diária de cálcio. Ele é importantíssimo para formação e manutenção de ossos e dentes, e ainda ajuda na contração muscular, regulação hormonal.

Ferro:

Ferro não falta. Uma porção atende 67,8% das necessidades diárias de ferro. Então ela previne e trata anemia ferropriva, faz bem pro coração. Para idosos ou crianças que tem dificuldade de ingerir um volume maior de alimentos fonte de ferro (vegetais ver escuros) é perfeito. Mas atenção, ela não substitui só evita que você tenha a deficiência, o ideal é consumir de tudo, tanto os vegetais quanto a chia.

Proteína:

Um dos vegetais que oferecem uma quantidade relevante de proteína, é a que tem maior teor de proteína se comparada com outros cereais como milho, arroz, aveia, cevada e trigo. Então se você pratica atividade física ou é vegetariano ela é ótima.

Magnésio:

Ela também é fonte de magnésio que é essencial para o funcionamento cerebral e ligações cognitivas. Uma porção oferece 27,9% das nossas necessidades diárias.

Vitamina A:

Com 20% das nossa necessidades diárias de vitamina A, uma porção de chia melhora o sistema imunológico, protege a pele o os olhos.

Potássio:

É uma boa fonte de potássio (6,4% das necessidades diárias/porção). Diminui os episódios de câimbras e ainda ajuda no tratamento da hipertensão.

Vitaminas do Complexo B:

Ela são fundamentais para o funcionamento do sistema nervoso, metabolismo de gorduras, carboidratos e proteínas fazendo com que nosso corpo funcione melhor. A chia é fonte dessas vitaminas também. (13% das necessidades diárias de niacia , 4,6% das de riboflavina e 30% das de tiamina/porção).

Antioxidante:

Ela possui ácido cafeico e ácido clorogênico. Sabemos que não há nada melhor que os antioxidantes para combater a ação dos radicais livres, envelhecimento celular e várias doenças, inclusive o câncer.

Manganês:

Participa da síntese de várias reações enzimáticas, estimula o crescimento dos ossos e tecido conjuntivo. Ótimo para crianças e idoso. A porção contém 63,5% das necessidades diárias.

Zinco:

Atua na imunidade, paladar, olfato, visão, liberação de hormônio do crescimento e formação do colágeno. Uma porção tem 12,3% das necessidades diárias de zinco. Precisa de mais alguma coisa?

Cobre:

Que facilita a absorção de ferro, formação da hemoglobina, melhora a imunidade e ajuda na formação de elastina e colágeno. Uma porção tem 30,5% das necessidades diárias.

 

Deu pra perceber que ela realmente é muito benéfica, mas quem pode utilizar?

Praticamente todas as pessoas podem. Se você tem algum problema de saúde, é criança, gestante ou nutriz deve sempre ingerir com acompanhamento de NUTRICIONISTA. Só este profissional qualificado poderá determinar a quantidade e horários adequados para que você não tenha prejuízos.

Quanto tomar?

Se você faz acompanhamento com nutricionista ele fará os cálculos e determinará a quantidade que você deve tomar. Se não faz, utilize no máximo duas colheres de sopa rasa por dia, cada uma em um horário diferente. Não vai exagerar.

Como utilizar?

Pode colocar no leite, suco, iogurte, água…

Ela não tem um sabor muito forte. Mas cria um gel então é bom misturar e tomar na hora. Não deixar guardado.

Ela é encontrada em forma de semente, farinha e óleo. A farinha pode ser usada igual a semente. E o óleo pode ser colocado na salada no lugar do azeite, no pão substituindo a margarina e se preferir pode bater colocar no leite, suco e vitamina também.

Qual o melhor horário pra tomar?

Muitos profissionais tem indicado 30 minutos antes do almoço e 30 minutos antes do jantar. É um bom horário, pois vai te ajudar a consumir menos alimentos durantes essas refeições. Eu indico da seguinte maneira: tomar uma porção no horário que você sentir mais fome, mais vontade de comer doces, antes de dormir se tiver o hábito de acordar de madrugada para comer, porque vai ajudar a reduzir a essa vontade. E a outra porção antes de uma das grandes refeições (almoço e jantar).

Mas é sempre bom alternar esses horários porque como toda fibra ela diminui a absorção de alguns nutrientes (vitaminas e minerais), se você toma sempre no mesmo horário vai ficar sem muitos nutrientes daquela refeição, entendeu. Se toma cada dia em um horário consegue absorver os nutrientes de todas as refeições.

Outra informação importante é: Não fique o resto da vida tomando só a Chia. Tem outros cereais que também são muito bons para a saúde, mas que não estão na moda, nem são muito falados pela mídia. Então, tome por 3 meses, depois troque por outro, depois volta a tomar de novo. Assim você consegue aproveitar o que cada um tem de melhor.

Use com moderação, com ajuda de um profissional qualificado. Se não tem condições de pagar um nutricionista para te indicar a quantidade e o horário procure uma loja que tenha um nutricionista para te explicar como fazer, hoje temos muitas lojas de produtos naturais que tem nutricionista para atender os clientes.

Anúncios




Refrigerante, adoçantes e câncer – esclarecimentos!!!

13 01 2012

Recebi uma reportagem dizendo que vários refrigerantes foram proibidos nos EUA pela quantidade excessiva de edulcorantes que causaria câncer.

 

Segundo a reportagem o refrigerante “zero” contém ciclamato de sódio, já proibido nos países desenvolvidos. Mas ainda amplamente usado nos países mais pobres, sendo um deles o Brasil. A ANVISA, após vários estudos realizados a mais de 60 anos constatou que existe uma dose máxima permitida. Não consegui encontra em um site completamente seguro a quantidade de ciclamato de refrigerantes zero, mas tem um que diz que são 27mg%. Então o que vai fazer diferença é a quantidade de refrigerante que você tomar.

 

Na reportagem também falavam sobre o benzeno. Também existe uma quantidade permitida pelos órgãos responsáveis. E as empresas dizem não ultrapassar esses valores.

 

Minha opinião: O corpo humano não é uma fórmula matemática, mesmo que ele elimine boa parte dessas substâncias um pouco delas ainda fica dentro dele e até que me provem o contrário essas substâncias não fazem bem a saúde, e se não faz bem…

Outro fato que devemos nos atentar é que nós não ouvíamos falar sobre câncer, não é verdade? Antigamente essa doença era rara, mas hoje é muito comum, quem não conhece ninguém que tem ou já teve câncer?
Essa aumento no número de casos de câncer tem um motivo e um deles é a alimentação.

 

Falar para não tomarem mais refrigerante não adianta. Gostaria que vocês, leitores, tirassem suas próprias conclusões e escolhesse a melhor bebida.

 

Quem quiser saber mais pode ler estes links: 

https://junutri.wordpress.com/2011/08/03/refrigerante-voce-ainda-tem-duvidas/

http://www.anvisa.gov.br/alimentos/informes/40_020609.htm

http://www.cocacolabrasil.com.br/boatos_mitos.asp?categoria=1

http://bromatopesquisas-ufrj.blogspot.com/2011/05/benzeno-um-aditivo-cancerigeno-na.html





Dúvida da leitora: Porque fico “bêbada” mais rápido quando ingiro álcool de estômago vazio?

30 09 2011

Porque fico “bêbada” mais rápido quando ingiro álcool de estômago vazio?

P.S.R – Minas Gerais

Porque o álcool já começa a ser absorvido no estômago, se ele estiver vazio cerca de 20% do etanol e absorvido rapidamente e encontra o cérebro o que faz com que fique “bêbada” rápido. Quando o estômago está “cheio” as moléculas de etanol se misturam ao alimento e demoram mais tempo para entrar em contato com a mucosa gástrica (parede do estômago).

Além disso, o álcool é metabolizado através de uma enzima chamada álcool desidrogenase. Essa enzima reduz a quantidade de etanol absorvido diretamente para a corrente sanguínea. A mulher tem menor capacidade de produzi-la e por isso tem menor resistência ao álcool.





Dúvida do leitor: Extrato de Camellia sinensis tem o mesmo efeito que os chás?

18 06 2011

Como não tolero o sabor de nenhum dos chás produzidos a partir das folhas da planta Camellia sinensis, resolvi então incluí-la na minha dieta consumindo-a diretamente, através de extratos adicionados às minhas vitaminas, de forma que o seu sabor amargo fica inteiramente imperceptível ao meio de tantos outros alimentos. A minha dúvida é se desta forma também vou estar usufruindo de todos os benefícios à saúde proporcionados pelo enorme valor nutricional da planta, principalmente no que concerne ao seu altíssimo teor de flavonoides da classe dos flavanois, mais especificamente as catequinas, como a epigalocatequina-3-galato, por exemplo, que é a de maior ação antioxidante no organismo.

 

Muito obrigado!

 G.T.

 

A Camellia sinensis é a planta que dá origem aos chás branco, verde, preto e Oolong…

Tudo depende muito de onde vem o extrato, qual a marca, se é de confiança ou não. Na maioria das vezes os extratos são mais seguros que os chás, pois sabemos a quantidade exata de princípios ativos encontrados neles, enquanto os chás podem ter outras partes da planta o que diminui o efeito. Mas de qualquer forma é importante procurar orientação mais individualizada de um nutricionista para que ele possa te prescrever a dosagem e os horários certos para a utilização da Camellia sinensis.

 

 

Leia também: Chá verde





Duvida do Leitor: Chá verde

1 04 2011

“Existe alguma diferença entre chá verde de saquinho, em cápsulas ou folhas secas? Quais os efeitos? É realmente bom para a saúde? Quanto devo tomar?” R.B.B. – Minas Gerais

O chá verde tem sido bastante estudado. Ele promete prevenção e tratamento de obesidade, dislipidemias, diabetes, reduzir riscos dedoenças cardiovasculares, diversos tipos de câncer e envelhecimento cutâneo e tem até propriedades antioxidantes. Vários estudos consluíram que ele é realmente eficaz.  (Eu prescrevo bastate)

De saquinho, cápsulas ou folhas secas o efeito não muda muito. A diferença é que no de saquinho pode conter partes de talos e sementes resultando em um efeito não desejado e as cásulas são mais concentradas, por isso é importante controlar a quantidade usada para prevenir os efeitos tóxicos.

QUATIDADE NECESSÁRIA  E PERMITIDA

Alguns estudos dizem que pelo menos 5 xícaras por dia para obter os efeitos benéficos do chá e que esse consumo seja contínuo, ou seja, um hábito diário. Essa ingestão também não pode ultrapassar 20 xícaras por dia e na literatura não hpa dados sobre a quantidade máxima dos chás encápsulados.

É importante também não consumi-los após as refeições, pois seus compostos fenólicos são considerados antinutrientes, ou seja, competem com alguns nutrientes ruduzindo ou impossibiltando a absorção, um deles a proteína

FONTE:

Nutritotal





Dúvidas?!?!?

2 03 2011

Pergunte a nutricionista

 Espaço reservado aos leitores que tem alguma duvida sobre alimentação, nutrição, saúde…enfim…

Vou fazer o possível para responder todas as perguntas o mais rápido possível.

Enviem as perguntas para blognutricaoesaude@yahoo.com.br.

 

 Abraços

Juliana Nascimento de Oliveira

Nutricionista





Dúvida da leitora: Primeira sopa do bebê

2 03 2011

Olá, tenho 25 anos e um filho de 4 meses, gostaria de saber qual a alimentação adeuqda para ele, quando devo dar a primeira papinha, sopinha, suco, enfim a primeira refeição.

Há algum alimento proibido?

Obrigada

M.A. São Paulo

 

Obrigada pela confiança M.A.

Creio que essa é uma dúvida de perturba muitas mamães por ai…

Até os 6 meses de idade o ideal é aleitamento materno exclusivo. Isso significa que o bebe deve receber somente o leite da mãe, sem papinha, água, suco, chás…só o leite materno. E o aleitamento materno deve continuar até pelo menos os 2 anos de idade.

Se caso o aleitamento materno não aconteceu ou foi interrompido deve-se usar uma formula infantil. Mas para saber qual a idela para seu bebê somente consultando um nutricionista, para avaliação mais aprofundada.

A partir dos 6 meses a criança já pode receber alimentos.

Começe com suco de frutas. Escolha uma fruta e ofereça o suco. Na proxima vez escolha outra fruta e assim por diante. Mas sempre com uma fruta somente e sem adicionar açúcar, por isso é mlehor escolher as frutas mais doces.

Quando descobrir quais frutas ele gosta e quais não gosta começe a misturar as frutas, coloque 2, depois 3…Assim você descobrirá quais sabores agradam seu bebê e se por ventura ele tiver alergia de algum alimento você descobrirá com maior facilidade.

Como saber se seu bebê gosta de determinado alimento? Pro bebê é tudo novo, sabores novos, texturas novas e às vezes é necessário oferecer mais de uma vez o alimento. O ideal é oferecer umas 10 vezes…se nas 10 ele desprezar, fazer careta ou qualquer ação parecida é porque ele não gosta e não é necessário forçá-lo a comer. Há outros alimentos com os nutrientes do que ele não gosta, não se preocupe.

Nessa fase você já pode começar a oferecer água também. Sempre filtrada ou fervida e em temperatura ambiente, já que os bebês são mais sensíveis que nós.

É importante também que os horários sejam respeitados e que essa introdução não demore muito mais que algumas semanas. Não precisa ficar meses esperimentando frutas, ok!

Quando seu bebê já estiver familiarizado com os sucos, ofereça papinhas de frutas, por exemplo, banana, maçã, mamão, pera, pêsssego, abacate…sempre lembrando de oferecer primeiro sozinho, depois associar as frutas, até porque ele precisa conhecer o sabor das frutas.

“Um dos problemas enfrentados por mães que ofereceram sempre alimentos misturasdos aos filhos é que eles não conhecem o sabor do alimento e tem medo de experimentar, ou se ele tiver alguma alergia tem que retira todos os alimentos e introduzir um por um até descobrir o alérgeno”

 

Não precisa demorar muito também. Depois do perído das frutas, ofereça as verduras e legumes. Da mesma maneira, primeiro 1, depois associados…é legal também que sejam cozidos e amassadinho, já que o bebê não tem dentes ainda…mas assim que os dentes forem nascendo começe a oferecer pedaços um pouco maiores (que caiba na boca da criança), para ela começar a sentir melhor a textura do alimento.

É extremamene importante que você não coloque muito tempero, como eu já disse a criança é mais sensível que nós. E não precisa de muito sal, nem temperos prontos. Opte por ervas tipo cebolinha, salsinha, alho, cebola e outros, mas sempre em pequena quantidade.

Depois dos vegetais você pode também inserir os cereais (macarrão, pão, arroz…), as leguminosas (feijão, lentilha, ervilha…) e as carnes(preferindo sempre as mais magras)

O ideal é variar bastante. Algo perceptível hoje é que a maioria das pessoas só comem arroz, feijão, carne de vaca e salada de alface e tomate. Tenho certeza que se você variar a alimentação de seu filho desde cedo e incentivar esse hábito sempre ele irá ser muito mias saldável e poderá desfrutar de todos os nutrientes dos alimentos “desconhecidos”.

Outras dicas importantes são:

– Não oferecer bolacha recheada. Não é proibido, mas deixe que ele descubra o sabor dela daqui alguns anos.

– Iogurtes e afins, devem ser oferecidos apenas após os 2 anos de idade.

– Refrigerantes são desnecessários. Seu filho não conhece o sabor dele e nem precisa conhecer tão cedo. Há estudos que dizem que compostos dos refrigerantes retiram o cálcio dos ossos, prejudicando o crescimento e acarretando em diversas doenças no futuro.

– Não é necessário ainda colocar achocolatado no leite. Se você começar com leite puro a criança vai gostar dele assim.

– Respeite sempre os horários da alimentação. Café da manha, lanche da manha, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia. Se começar a oferecer os alimentos na hora errada se filho se adaptara a eles e dificilmente você conseguirá organizá-los depois.

Optar por hábtos saudáveis desde a infância é a melhor maneira de ser um adulto saudável.