20 maneiras simples de evitar a intoxicação alimentar

15 09 2011

Não sei se vocês perceberam, mas a mídia publicou muitas materias sobre intoxicação alimentar nesses últimos meses. Existem algumas maneiras simples de evitar esse problema que pode até matar.

 

1. Mantenha limpos: fogão, mesa, geladeira, facas, garfos, panelas, pia e panos de prato.

2. Lave sempre as mãos antes, durante a após o preparo de alimentos.

3. Se quiser usar luvas lave-as antes, durante e após o preparo de alimentos.

4. Retire anéis, pulseiras e relógios durante o preparo.

5. Mantenha as unhas sempre cortadas, limpas e sem esmaltes durante o preparo dos alimentos.

6. Não use copos ou pratos rachados, pois os germes se acumulam nas rachaduras.

7. Mantenha o lixo sempre bem tampado e, sempre, longe dos alimentos. (DICA: coloque os cestos de lixo sempre no chão, nunca na pia)

8. Mantenha os alimentos fora do alcance dos insetos, roedores e outros animais, guardando-os em vasilhas bem fechadas.

9. Não consuma alimentos com alterações de cor ou cheiro.

10. Não consuma alimentos fora da data de validade.

11. Descongele as carnes na geladeira e não em temperatura ambiente.

12. Não coma pratos de carne crua.

13. Ao usar leite pasteurizado, ferva e mantenha sempre na geladeira.

14. Não coma ovos crus. Cozinhe até ficarem duros ou frite até a gema ficar dura.

15. Não use ovos rachados.

16. Ao fazer as refeições em restaurantes, bares e lanchonetes, observe a limpeza do ambiente, dos funcionários, dos equipamentos e utensílios.

17. Só compre no estabelecimento que tiver alvará de funcionamento e mesmo assim verifique as condições de higiene, temperatura, qualidade e datas de validade dos produtos.

18. Para cortar carne e vegetais, prefira tábuas de plástico ou de vidro. Evite a tábua de madeira. Ela retém o suco da carne e nela crescem microorganismos.

19. Após consumir os alimentos guarde-os em vasilhas com tampa em geladeira. Nunca deixe o almoço na panela sobre o fogão ou no forno para esquentar no jantar.

DICA: Quando for guardar alimentos quentes na geladeira coloque em vasilhas abertas até esfriarem só depois tampe-as, assim você garante que o alimento resfrie por completo e mais rápido.

20. Use touca ou mantenha os cabelos presos e barba feita durante o preparo de alimentos.

 

As doenças de origem alimentar podem ser evitadas se o alimento for guardado, preparado e consumido corretamente.

Anúncios




Denuncie!!! E seu direito e dever também

20 07 2011

Este post é mais um desabafo ao que anda acontecendo e hoje foi a “gota d’água” (acreditem, foi a ultima, mesmo).

É fato de que todos os estabelecimentos que vendem alimentos devem ter um responsável técnico para garantir a “harmonia” higiênica do local. Mas não é isso que vejo por ai. Durante muito tempo pensei que o problema não era meu e que se eu estivesse incomodada eu que procurasse outro local. Mas sou consumidora e nutricionista, então o problema é meu sim. E a partir de hoje vou denunciar tudo que eu encontrar de errado e te encorajo a fazer o mesmo.

A denuncia deve ser fita a Vigilância Sanitária ou a quem fizer esta fiscalização ai em sua cidade.

Fique atento a qualquer, qualquer mercadinho, mercearia, restaurante, lanchonete, bar, super e hipermercados…enfim, qualquer lugar que vender alimento e bebidas.

O “cheklist” aplicado pela Vigilância é bem grandinho,mas vou dar algumas dicas do que eu mais vejo por ai para que você possam também fiscalizar. Se alguém tiver mais dicas é só escrever nos comentários.

– Freezer de açougue e frios deve estar refrigerado e longe de contaminação. Isso acontecerá de estiver devidamente fechado, normalmente com silicone nas emendas dos vidros (hoje eu vi um açougue em que os vidros tinham aproximadamente 1cm de distância um do outro). Quando o vidro não está “colado” ou os funcionários deixam as portas abertas, a temperatura não fica adequada e há risco muito grande de entrada de insetos, objetos indesejados, saliva… facilitando assim a contaminação.

– Observe se o local está limpo, principalmente os balcões. Eles devem ser de algum material impermeável. Por isso não indicado que sejam de madeira ou plástico. Imagine um balcão de plástico no açougue, todos os dias (todos os minutos) o açougueiro corta carnes, certo?! a faca não atinge somente a carne,mas também o balcão, fazendo cortes que são difíceis de serem limpos, há então, a formação do biofilme, que nada mais é do que uma camadinha de microorganismos que se proliferam e contaminam nossas carnes, frios e tudo mais que passar por ali.

– Os pães não devem ficar expostos e cestas abertas. Assim como você, qualquer inseto também “visita” o pão e ai você já sabe, né. Sem falar que as pessoas conversam em cima do pão e a saliva delas também contamina (Cada pessoa tem um monte de bactérias que não fazem mal nenhum pra elas, mas que pra outras pode fazer um belo estrago).

– Não pode haver formação de gelinhos nos congelados, se houver é sinal de que o freezer foi desligado (provavelmente durante a noite) para poupar energia. A temperatura ambiente por mais de uma hora e trinta minutos a maioria das bactérias se dividem e se forem patogênicas vão “estragar” seu alimento. Se não for por contaminação, por exemplo, a mandioca congelada fica amarga e difícil de congelar.

– Os funcionários devem estar limpos, sem machucados, de touca e sem nenhum fiozinho de cabelo para fora, aqueles que tem pêlos nas mãos devem se depilar.

Bom, foi isso que eu vi hoje em um hipermercado (não vou revelar o nome para não me comprometer). A denuncia já foi feita e a mulher que me atendeu me disse que me dará retorno sobre as providências que serão tomadas após a “ visitinha” deles. Quando ela me avisar eu conto para vocês.

 

Aqui em Uberlândia o Telefone para denuncias é (34)3239-2800

Os estabelecimentos fiscalizados tem um cartaz com o telefone é só ligar, ok!

Encontrei este link no site da Anvisa, mas acho mais interessante denuncias por telefone (não se esqueça de anotar o protocolo)

http://www1.anvisa.gov.br/ouvidoria/CadastroProcedimentoInternetACT.do?metodo=inicia





Cuidados para seu casamento

29 04 2011

Hoje, casamento é o assunto do mundo e nós não poderiamos deixar de falar deste tema tão desejado por muitos.

Os preparativos do casamento devem começar algum tempo antes da cerimônia, alguns especialista sugerem pelo menos 1 ano antes para que se tenha total controle da situação. São muitas preocupações que vão desde o sapatinho da dama de honra até o glamuroso vestido da noiva.

Mas, algo que a maioria das pessoas deixa passar e que deveria ser uma das mais importantes é a escolha e conservação adequada dos alimentos servidos na festa do casamento (seja ela pra 10 ou 1000 convidados). Quando colocamos o termo “intoxicação alimentar em casamentos” no google aparecem mais de 75.000 resultados. E para não fazer parte deste número, não passar a lua de mel em um hospital com seus convidados é necessário ter alguns cuidados simples, mas que fazem toda diferença.

Dependendo do tipo de batéria os sintomas aperecem em intesidade e tempo diferentes, mas em geral são vômito, náuseas, diarréia, desconforto gástrico. A intoxicação alimentar pode até matar, por isso deve ser tratado com muito cuidado, algumas pessoas chegam a perder 15kg em 1 semana por causa das diarréias e vômitos.

Para que sua festa seja um sucesso, veja abaixo algumas dicas para conservar melhor seus alimentos.

– Faça um bolo artificial para decoração e bolos individuais que só serão tirados da geladeira no momento de servir, principalmente se tiver algum recheio de creme. Os bolos são as principais causas de contaminação.

– Se for servir algum aperitivo quente, mantenha-o na geladeira de esquente no momento de servir. Alimentos quentes podem ficar em teperatura de risco por apenas 1hora a 1hora e meia, após este tempo os microorganismo tem pico de prolifeção o que pode ser um perigo. Se for servir um jantar deixe estes alimentos acima de 60ºC para que não hája este pico.

– Os alimentos frios devem ser matidos abaixo de 10ºC.

– Os doces com recheio de creme são um perigo, por isso escolha muito bem quem irá prepará-los e não demore muito para servi-los.

– Se for fazer alguma mesa de frios, esta deve estar também em temperatura abaixo de 10ºC. Para manter os alimentos fora da temperatura de risco. Principalmente se for servir algum fruto do mar, o comida japonesa.

– Certifique-se que o cozinheiro tem noções de higiêne e temperatura de cozimento dos alimentos.

– Se for servir alguma fruta, fique atenta para que elas seja devidamente lavadas.

– Contrate uma equipe de cozinheiro que tenha um resposável técnico qualificado.

Os cuidados são básicos e fáceis de serem seguidos se você contratar um equipe competente.

Para que seu dia especial seja, realmente, muito especial fique atenta ao pequenos detalhes que fazem toda diferença.





Como organizar sua geladeira?

23 08 2010

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cuidados básicos:

– Alimentos devem ser condicionados em embalagens fechadas.

– Não colocar alimentos empilhados

– Não colocar alimentos encostados na “parede” ou muito próximos a serpentina

– Não guardar nenhum alimento em recipiente de madeira

– Evite guardar alimentos em recipientes como: alumínio, ferro

– Guarde os alimentos em vasilhas plásticas fechadas, isso inclui os enlatados, que após abertos devem ser retirados de suas embalagens de origem

– Não coloque forros nas prateleiras, isso evita que o ar gelado passe

– Evite abrir e fechar a geladeira várias vezes

– Os alimentos devem conter uma etiqueta com data de validade ou a data que foi aberto, assim você evita consumir alimento estragado e é possível saber até quando ele poderá ser utilizado

– Verifique se está ocorrendo a vedação correta nas borrachas. (Feche a geladeira com um olha de papel entre a porta, se a folha deslizar significa que a borracha não está vedando, isso pode acarretar em maior gasto de energia e menor conservação dos alimentos).

– Lave sua geladeira com água e água clorada (1 Litro de água/1 colher de substância clorada)

 

Gaveta inferior ou parte 1

– Verduras de folha devem ficar bem longe do congelador, pois elas queimam com o frio.

– Na gaveta inferior da geladeira coloque: Verduras de folhas e legumes, que devem estar embaladas em sacos plásticos bem fechados, se ficar sem plástico também queima.

 

Parte 2

Na prateleira logo acima da gaveta, coloque:

– Frutas macias e frutas mais duras acondicionadas em embalagens plásticas fechadas. Quando tirar algum item deixe a prateleira limpa e arrumada.

OBS: Se sua geladeira conter 2 gavetas, as frutas podem ser colocadas dentro dela.

 

Parte 3

Na prateleira intermediária, coloque:

– Sobras de alimentos, acondicionadas em vasilhas quadradas ou retangulares com tampa.

– Sobremesas, salada de fruta, ovos cozidos, frutas picadas

Carnes em fase de descongelamento ou temperadas, no mesmo tipo de vasilha.

– Período máximo de permanência: 24 a 48 horas

 

Parte 4

Na prateleira superior coloque:

– Ovos em vasilhas tampadas, queijo, leite, iogurte, bacon, requeijão, frios (presunto e mussarela)

– Alimentos mais perecíveis (ricos em proteína)

 

Parte 4

Na gaveta superior, coloque:

– Carnes frescas (48 horas em refrigeração)

– Peixes frescos (24 horas em refrigeração)

 

Parte 5

Na porta coloque:

– Bebidas

– Sucos

– Refrigerantes

– Água

– Maionese, ketchup

– Temperos

– Doces

– Enlatados

– Margarina

– Extrato de tomate aberto

 

Congelador

– Alimentos condicionados em embalagens fechadas.

– Não colocar alimentos empilhados

– Não colocar alimentos encostados na “parede”

 

Mantenha sua geladeira limpa e organizada!!!