Chia – A queridinha da vez.

17 05 2012

Está na moda e promete milagres. Emagrece, dá energia, riquíssima em vitaminas, concentração, memória, músculos…. a mídia tem divulgado muitos benefícios para a Chia. Mas até que ponto isso tudo é verdade? Em quem acreditar? Quanto tomar? Quando tomar? Sou gestante, amamento, tenho problemas de saúde. E ai?

Bom, minha primeira dica, como sempre, é não acreditar em tudo que aparece por ai. Emagrecer 2Kg em 3 dias não bom pra sua saúde, é tentador, mas te garanto que te trará mais prejuízos que benefícios. A segunda é procurar um NUTRICIONISTA de sua confiança para te ajudar a encontrar o melhor horário e a melhor quantidade para você, ok!

Vamos lá!

A Chia é uma semente mexicana usada desde antes de Cristo com o intuito de aumentar a resistência, energia e força necessária sob condições extremas de calor intenso e escassez de água e alimentos.

Emagrece?

Sim, ela como toda fibra reduz a absorção de gorduras e carboidratos, reduzindo assim as calorias ingeridas, além de ajudar no funcionamento intestinal  isso tudo influencia muito na redução de peso. Mas também tem outra propriedade, quando entra em contato com líquido ela forma uma capa em gel que aumenta seu volume dando uma sensação de saciedade mais rápido.

Regula o intestino?

Sim, justamente pelo alto teor de fibras, mas para isso é necessário ingerir bastante água, se não o efeito é contrário. 100g de chia tem 13,6g de fibra, pra você ter noção precisamos de 25 a 30g de fibras por dia. (essa medida é para adultos sem nenhum problema de saúde, ok!)

100g de chia = aproximadamente 7 colheres de sopa

Auxilia no tratamento de diabetes?

Assim como toda fibra, já que reduz a absorção de carboidratos evitando picos da glicemia.

Ômega 3:

Ela é rica em ômega 3 então melhora concentração, memória, deixa a pele mais bonita, previne doenças cardiovasculares, aumento do colesterol, envelhecimento precoce, minimiza os danos causados pelos raios UV, poluição, evita depressão e aumenta a absorção de muitos nutrientes. Estudos comprovaram que gestantes que consumiram ômega 3 durante a gravidez tiveram filhos com Q.I. mais alto do que as que não consumira. Uma colher de sopa cheia tem aproximadamente 2 g de ômega 3.

Cálcio:

Intolerante a lactose que agradeçam. É uma ótima e confiável fonte de cálcio, uma porção de 25g (aproximadamente 2 colheres de sopa) tem cerca de 21% da necessidade diária de cálcio. Ele é importantíssimo para formação e manutenção de ossos e dentes, e ainda ajuda na contração muscular, regulação hormonal.

Ferro:

Ferro não falta. Uma porção atende 67,8% das necessidades diárias de ferro. Então ela previne e trata anemia ferropriva, faz bem pro coração. Para idosos ou crianças que tem dificuldade de ingerir um volume maior de alimentos fonte de ferro (vegetais ver escuros) é perfeito. Mas atenção, ela não substitui só evita que você tenha a deficiência, o ideal é consumir de tudo, tanto os vegetais quanto a chia.

Proteína:

Um dos vegetais que oferecem uma quantidade relevante de proteína, é a que tem maior teor de proteína se comparada com outros cereais como milho, arroz, aveia, cevada e trigo. Então se você pratica atividade física ou é vegetariano ela é ótima.

Magnésio:

Ela também é fonte de magnésio que é essencial para o funcionamento cerebral e ligações cognitivas. Uma porção oferece 27,9% das nossas necessidades diárias.

Vitamina A:

Com 20% das nossa necessidades diárias de vitamina A, uma porção de chia melhora o sistema imunológico, protege a pele o os olhos.

Potássio:

É uma boa fonte de potássio (6,4% das necessidades diárias/porção). Diminui os episódios de câimbras e ainda ajuda no tratamento da hipertensão.

Vitaminas do Complexo B:

Ela são fundamentais para o funcionamento do sistema nervoso, metabolismo de gorduras, carboidratos e proteínas fazendo com que nosso corpo funcione melhor. A chia é fonte dessas vitaminas também. (13% das necessidades diárias de niacia , 4,6% das de riboflavina e 30% das de tiamina/porção).

Antioxidante:

Ela possui ácido cafeico e ácido clorogênico. Sabemos que não há nada melhor que os antioxidantes para combater a ação dos radicais livres, envelhecimento celular e várias doenças, inclusive o câncer.

Manganês:

Participa da síntese de várias reações enzimáticas, estimula o crescimento dos ossos e tecido conjuntivo. Ótimo para crianças e idoso. A porção contém 63,5% das necessidades diárias.

Zinco:

Atua na imunidade, paladar, olfato, visão, liberação de hormônio do crescimento e formação do colágeno. Uma porção tem 12,3% das necessidades diárias de zinco. Precisa de mais alguma coisa?

Cobre:

Que facilita a absorção de ferro, formação da hemoglobina, melhora a imunidade e ajuda na formação de elastina e colágeno. Uma porção tem 30,5% das necessidades diárias.

 

Deu pra perceber que ela realmente é muito benéfica, mas quem pode utilizar?

Praticamente todas as pessoas podem. Se você tem algum problema de saúde, é criança, gestante ou nutriz deve sempre ingerir com acompanhamento de NUTRICIONISTA. Só este profissional qualificado poderá determinar a quantidade e horários adequados para que você não tenha prejuízos.

Quanto tomar?

Se você faz acompanhamento com nutricionista ele fará os cálculos e determinará a quantidade que você deve tomar. Se não faz, utilize no máximo duas colheres de sopa rasa por dia, cada uma em um horário diferente. Não vai exagerar.

Como utilizar?

Pode colocar no leite, suco, iogurte, água…

Ela não tem um sabor muito forte. Mas cria um gel então é bom misturar e tomar na hora. Não deixar guardado.

Ela é encontrada em forma de semente, farinha e óleo. A farinha pode ser usada igual a semente. E o óleo pode ser colocado na salada no lugar do azeite, no pão substituindo a margarina e se preferir pode bater colocar no leite, suco e vitamina também.

Qual o melhor horário pra tomar?

Muitos profissionais tem indicado 30 minutos antes do almoço e 30 minutos antes do jantar. É um bom horário, pois vai te ajudar a consumir menos alimentos durantes essas refeições. Eu indico da seguinte maneira: tomar uma porção no horário que você sentir mais fome, mais vontade de comer doces, antes de dormir se tiver o hábito de acordar de madrugada para comer, porque vai ajudar a reduzir a essa vontade. E a outra porção antes de uma das grandes refeições (almoço e jantar).

Mas é sempre bom alternar esses horários porque como toda fibra ela diminui a absorção de alguns nutrientes (vitaminas e minerais), se você toma sempre no mesmo horário vai ficar sem muitos nutrientes daquela refeição, entendeu. Se toma cada dia em um horário consegue absorver os nutrientes de todas as refeições.

Outra informação importante é: Não fique o resto da vida tomando só a Chia. Tem outros cereais que também são muito bons para a saúde, mas que não estão na moda, nem são muito falados pela mídia. Então, tome por 3 meses, depois troque por outro, depois volta a tomar de novo. Assim você consegue aproveitar o que cada um tem de melhor.

Use com moderação, com ajuda de um profissional qualificado. Se não tem condições de pagar um nutricionista para te indicar a quantidade e o horário procure uma loja que tenha um nutricionista para te explicar como fazer, hoje temos muitas lojas de produtos naturais que tem nutricionista para atender os clientes.

Anúncios




Síndrome dos ovários policísticos – A dieta pode te ajudar

14 10 2011

Ovário PolicísticoOvário normal

 

 

 

 

 

O que é?

Um problema que atinge de 5 a 10% das mulheres, a SOP é caracterizada por hiperandrogenismo, disfunção ovariana e/ou ovários policísticos ao ultrassom.

No ultrassom aparecem muitos folículos ao mesmo tempo na superfície de cada ovário.

O que você sente?

Irregularidade menstrual, podendo ser atrasos ou mesmo a ausência da menstruação.

Dificuldade na ovulação, o que causa dificuldade de engravidar (dificuldade não quer dizer que a mulher não pode engravidar, ok!)

Acne, espinhas, queda de cabelo, pele oleosa e aumento de pesos, sintomas que são chamados de hiperandrogenismo.

Aumento de peso também é comum, mas ainda há dúvidas se é o aumento de peso que causa a anovulação e, portanto, os ovários policísticos, ou se a síndrome causa o aumento de peso. Em alguns casos quando há perda de peso os sinais voltam ao normal.

É preciso tomar cuidado com a resistência insulínica e a síndrome metabólica, há grandes chances de desenvolver esses problemas, que levam a alterações vasculares, diabetes, hipertensão arterial e risco cardiovascular aumentado.

 

A dieta pode te ajudar!!!

A restrição adequada de calorias ajuda na perda de peso.

Uma dieta balanceada com baixo teor de gordura saturada, rica em fibras, alimentos com baixo índice glicêmico e a pratica de atividade física melhora a resistência insulpinica e retorno dos ciclos ovulatórios, mesmo na ausência de perda de peso.

Estudos indicam que as fibras dietéticas (principalmente as solúveis)são muito importantes na modulação hormonal, pois estudos observam que dietas com baixo teor de fibras leva ao aumento das concentrações de estrogênios e androgênios circulantes.

A suplementação de 1,9g de ômega3 por dia é benéfica em mulheres com SOP para modulação hormonal e do perfil lipídico.

 

IMPORTANTE: Essas são somente algumas orientações, procure um nutricionista para cauidar de você e de suas individualidades, ok!

 

REFERÊNCIAS:

Gineco

Nutritotal





Tomate Recheado

13 10 2011

Um prato bonito, nutritivo, que evita o desperdício e muito, mas muito fácil de fazer.

Já tinha comentando sobre o tomate recheado aqui no blog, mas nunca tinha preparado em casa. Então essa semana fiz e a preparação foi aprovadíssima!!!

Antes, saiba porque consumir tomates.

– Ele evita diversos tipos de câncer, inclusive o de próstata.

– É rio em fibras e por isso ajuda a regular o intestino.

– É diurético, sabe aquele inchaço do final do dia? Então ele ajuda a evitar.

– Potente contra infecções, pois auxilia na formação de novas hemáceas e leucócitos.

– Previne aterosclerose.

– Rico em licopeno, um antioxidante natural então, previne o envelhecimento precoce, câncer e muitos outros problemas causados pelos radicais livres.

– Rico em vitamina A, importante para o crescimento e desenvolvimento da criança, previne cegueira noturna, participa da formação de anticorpos.

– Rico em vitaminas do complexo B, atuam no cérebro, na formação de energia, além de muitas outras funções.

– Tem pouquinhas calorias.

– Rico também em vitamina C, que também é antioxidante e ajuda na formação do colágeno,  absorção do ferro, mantém a saúde da pele, gengivas e vasos sanguíneos, redução dos níveis de colesterol e fortalecimento do sistema imunológico.

 

Como recheio você pode usar o sobrou de arroz, feijão e carne do almoço, por exemplo.

Se quiser que sua receita fique ainda mais rica coloque vegetais cozidos, queijo magro…

Com ele você evita o desperdício de alimentos, estimula crianças a consumirem alimentos mais saudáveis e atrativos e tem um prato bonito para servir em um evento especial.

É só usar a criatividade. Pode fazer também cortes diferentes tipo cestinha, triangulinhos  ou onda na borda. É muito fácil de fazer.

Depois é só colocar queijo ralado por cima, umas folhinhas de manjericão, orégano (e o que mais desejar para dar sabor a preparação) e levar ao forno, pode deixar até o queijo derreter e se quiser mais assadinho pode deixar por mais tempo também.

Use e abuse da sua criatividade.

E se tiver alguma criança por perto chame ela para ajudar, com certeza ela vai querer comer depois disso.

 

REFERENCIAS:

EMBRAPA

NUTRIÇÃO EM FOCO





Peixe: um misto de sabor e saúde

3 10 2011

O consumo de peixes por brasileiros ainda é muito baixo, cerca de 9Kg por pessoa por ano enquanto deveria ser de 12Kg.

Se você não consome peixe na quantidade adequada, de 2 a 3 vezes por semana, então leia os benefícios que essa carne pode trazer a você. Tenho certeza que verá com olhos diferentes.

O peixe tem até 20% menos gordura e calorias que as outras carnes. Alem disso é pobre em gordura saturada e rico em gordura poliinsaturada, especialmente o ômega 3, que traz muitos benefícios a saúde, veja alguns:

– Prevenção de doenças do coração, como infarto, aterosclerose.

– Elevação de HDL o “colesterol bom” e diminuição de LDL o “colesterol ruim”.

– Melhora concentração, memória e desenvolvimento cognitivo.

– Previne alguns tipos de  câncer e doenças inflamatórias.

E por ser pobre em gordura saturada os esses benefícios são potencializados.

Os peixes mais ricos em ômega 3 são os de água salgada (salmão, atum, sardinha, bacalhau…). Os com menor quantidade de gordura são os mais brancos (bacalhau, corvina, pescada…). E os que tem maior quantidade de gordura são os mais escuros (sardinha, salmão…).

Os peixes ainda são ricos em vitaminas do complexo B e Ferro. Além de serem mais leves e terem uma proteína de maior digestibilidade.

 Muitas pessoas não consomem o peixe por não gostarem do sabor. Tente novas receitas, novos restaurantes, novos tipos de peixes. Você vai de gostar de alguns, eu tenho certeza!
O site “Tudo Gostoso” tem quase 3000 receitas de preparações com peixe, não é possível que você não vai gostar de nada.

E ai? Que tal um peixe hoje???





Balão intragástrico

27 09 2011

Balão IntragástricoCom aumento no número de obesos e a preocupação com as complicações da obesidade mais uma técnica está sendo usada. Na minha opinião é uma das melhores intervenções médicas no tratamento da obesidade, já que não oferece tantos ricos como uma gastroplastia (cirurgia de redução de estômago). Mas assim como a gastroplastia e qualquer outro método utilizado para emagrecimento deve-se atentar para REEDUCAÇÃO ALIMENTAR, manter uma dieta saudável com todos os nutrientes necessário fará com que você perca peso e mesmo assim mantenha a saúde, afinal emagrecer não é somente diminuir medidas (saiba melhor aqui)

 

Segundo o Dr. Pablo Miguel, diretor do Centro de Obesidade  a técnica consiste na introdução de uma balão inflável de silicone dentro do estômago por via endoscópica, associado a uma leve sedação. O Balão então é inflado com cerca de 500 a 700ml de soro fisiológico corado com tintura azul de metileno (essa tintura sai na urina, caso haja algum rompimento do balão, possibilitando assim que ele seja retirado imediatamente). O tempo máximo de permanência com o Balão é de 6 meses que é o tempo de garantia do fabricante. A retirada do balão é feita também por endoscopia.

Balão dentro do Estômagobalão intragástrico

O objetivo do balão é que em contato com a parede do estômago (fundo gástrico) estimule os receptores que sinalizam para sistema nervoso central (cérebro) provocando saciedade. O espaço ocupado por ele também diminui o espaço para os alimentos, então a pessoa come menos. Tudo isso gera uma diminuição calórica considerável.

Mas nem só de calorias vive o homem, não é verdade?!?! Precisamos também de nutrientes (vitaminas e minerais), porO BIB flutuando livremente no estômago isso é imprescindível acompanhamento com nutricionista. Só ele poderá quantifica as calorias e distribuí-las de forma que seu metabolismo se mantenha funcionando (o que também facilita a perda de peso) e adequar as vitaminas e minerais essenciais para sucesso do tratamento.

O balão é indicado para pessoas com IMC abaixo de 35Kg/m² que não respondem a tratamento clínico por mais de três anos (mas tem que tentar esses métodos, ok! Não são 3 anos fazendo dieta de revista não!!!). Pacientes obesos com IMC maior que 35 que não podem ser submetidos a cirurgia de obesidade, ou aqueles que não querem se submeter a essas cirurgias.

Calcule seu IMC: Peso/altura², ou seja, Peso/altura x altura

Em todos os casos o acompanhamento com NUTRICIONISTA é MUITO IMPORTANTE!!!

 

FONTE: Centro de Obesidade





Hidratação – Entrevista ao programa Papo de Butiquim da TV Vitoriosa

18 09 2011

Nessa sexta-feira dia 17 fui convidada a dar uma entrevista no programa, da Rede Vitoriosa, Papo de Butiquim. O primeiro e o segundo bloco foram baseados em hidratação, clima e temperatura. Além de mim foram convidados também o Professor de Climatologia da UFU, Paulo César Mendes e os cantores sertanejos Paulo Cesar e Juliano.

 

A maior parte do corpo de uma pessoa saudável é água, de 60 a 70%. A água participa das reações metabólicas no nosso organismo, é solvente, transporta gases, alimentos e a maioria das vitaminas, participa da produção de saliva, lágrima, da lubrificação das articulações facilitando os movimentos, é importante no processo digestivo e na produção de suor, mantém as secreções nasais úmidas para chegar ar ao pulmão na umidade adequada.

Nós perdemos bastante líquido durante o dia. Pela pele e pelos pulmões perdemos de 700 a 800ml de água por dia, que é uma perda natural e nem percebemos. E ainda tem a perda pelo suor que é de aproximadamente 100ml nos dias normais e, nos dias mais secos e quentes atinge até 2 litros por dia, quando pratica atividade física perde ainda mais. Por isso é muito importante repor.

Ainda perdemos nas fezes e urina. Se não houver uma hidratação adequada as fezes ficam endurecidas e causam diversos problemas como hemorróidas inflamadas e até o câncer. E a urina amarelada e com odor forte pode significar sobrecarga renal e causar, por exemplo cálculos (pedras).

Quando reduzimos de 4 a 5% da quantidade de água, já temos comprometimento de 20 a 30% da capacidade de trabalho do osso organismo.

Crianças até 6 meses de idade com aleitamento materno exclusivo não precisam tomar água.

Um adulto saudável precisa de cerca de 35ml/Kg.

É bom ter atenção especial com obesos que tem o percentual de gordura muito elevado e por isso o de água é menos, então qualquer perda é significativa. Com idosos que perdem o senso de sede e por isso esquecem de beber líquido e ainda tem uma porcentagem menor de água no corpo (40 a 50%). E com crianças que por terem o metabolismo mais acelerado perdem muito líquido.

Não beba água somente quando sentir sede. Faça o cálculo da quantidade de líquido que voe precisa por dia e coloque em garrafinhas perto de você, assim fica mais fácil de contar e controlar se está ingerindo a quantidade correta.

Crianças até 10 anos – 100ml/Kg

até 18 anos – 40ml/Kg

18 a 55 anos -35ml/Kg

55 a 65 anos – 30ml/Kg

mais que 60 anos – 25ml/Kg

 

O que beber?

Água mineral filtrada ou fervida, água de coco, frutas e sucos de frutas, verduras, isotônicos (estes devem ser ingeridos, preferencialmente por atletas e com orientação de nutricionista, já que não são todas as pessoas que podem ingerir – por exemplo, hipertensos e pacientes renais não podem!!!)

 

ATENÇÃO: Todas essa orientações são para pessoas saudáveis e com peso normal. Se você tem alguma patologia procure um nutricionista para te dar as orientações adequadas para seu caso.





Novo endereço de atendimento

19 08 2011