Bebidas energéticas, como elas funcionam?

23 07 2010

As bebidas energéticas são bastante usadas por atletas ou por aqueles que querem mais energia no seu dia. Por isso a indústria adiciona nutrientes nessas bebidas que causam oscilações nos níveis de vários neurotransmissores cerebrais acarretando a sensação de vigor, estes elementos podem não ter nenhuma relação com a energia proveniente do alimento, ou com o estado de hidratação.

Verifique as funções de alguns elementos encontrados nestas bebidas e a composição das principais bebidas energéticas encontradas no mercado:

Informações nutricionais de algumas bebidas energéticas:

 

Importante!!!

Se você tem problemas de saúde consulte o seu médico antes de ingerir.

 Saiba mais em: http://www.fitness4life.com.br/pdf/240308050346gatoradesse35.pdf – (“As “bebidas energéticas” ajudam, prejudicam  ou são apenas moda?” de Leslie Bonci, M. P. H., R. D.)





Benefícios da Vitamina C para fumantes

22 07 2010

 

 Vale ressaltar que é melhor prevenir do que remediar, fumando você estará causando danos tanto a você quanto aos seus próximos.





Benefícios do gengibre

22 07 2010

O gengibre tem sido apreciado como um ingrediente em remédios herbáceos por 4.000 anos: uma linhagem suprema. Ele foi tradicionalmente utilizado como um tratamento de calor para calfrios e também para digestão e flatulência, assim como uma maneira de restaurar o vigor sexual masculino.

Hoje não é diferente. o gengibre tem propriedades terapêuticas e pode atuar como antiemético (ajuda e evita náuseas e vômito), Antiespamódico (reduz os espasmos involuntários nos músculos), Carminativo (alivia indigestão e faltulência), Anti-séptico (controla ou evita infecção bacteriana), Estimulante circulatório (melhora o fluxo sanguíneo), Diaforético (aumenta a transpiração), Expectorante (favorece a expectoração), Vasodilatador periférico (dilata as veias sanguíneas nas extremidades, melhorando a circulação).

Veja algumas receitas para utilizar o gengibre:

Artrite: O gengibre possui propriedades antiinflamatórias e, deste modo, pode trazer alívio para os que sofrem de artrite. Faça uma massagem com gengibre ou coloque uma compressa quente na área afetada. Ingerir também ajuda.

Catarro: Para aliviar o catarro, tome uma decocção* de gengibre.

Resfriados e calafrios: Para aquecer o corpo e propocionar alívio dos resfriados e calafrios, tome uma decocção* de gengibre. Para o remédio mais tradicional acrescente 1 colher de chá de gengibre fresco ralado a uma xícara de água quente; deixe-a en infusão por 10 minutos e então acrescente o suco de meio limão e 1 colher de chá de mel.

Diarréia: Tome uma xícara de chá** de gengibre quente ou aplique uma compressa quente de gengibre.

Calafrios febris: Tome uma xícara de decocção* de gengibre para aquecer o corpo, se você estiver sofrendo calafrios febris. Alternativamente aplique uma compressa quente de gengibre na testa ou no peito.

Enxaqueca: Para aliviar a enxaqueca, tome uma decoção* de gengibre quente ou esfregue um pouco de óleo para massagem de gengibre nas têmporas.

Náuseas e vômitos: Tome uma xícara de chá** de gengobre. Cápsulas de gengibre tambpem podem ser tomadas para aliviar enjôos nas viagens.

Cólica mesntrual: Beber chá** de gengibre amenizará algumas das dores associadas com as cólicas mestruais.

Problemas de garganta: Se você tem dor de garganta, beba uma xpicara de chá** de gengibre quente com mel

Gravidez e amamentação

Gestantes e mulheres que estão amamentando devem tomar cuidao ao utilizar remédios herbáceos sob qualquer forma, pois eles podem afetar a criança no útero adversamente, o fornecimento de leite materno e certamente passará para a criança através d leite.

* Decocção: Essa é a técnica para extrair sabores da partes mais lenhosas de uma planta, icluindo raízes como o gengibre.  Uma decoração precisa ser utilizada no mesmo dia em que você a prepara.

Coloque 30g de gengibre fatiado e 2 xícara de água fria em uma panela que não seja de alumínio. Comoque no fogo até frever e deixe fervendo por 15 a 29 minutos até que o volume tenha reduzido por um terço. Coe com peneira. Acrescente mel ou canela para dar sabor.

** Chá: Coloque 85g de genibre fatiado fresco em um bule de chá. Despeje 2 xícaras de água recentemete fervida e coloque tampa no bule para evitar que os ingredientes aromáticos escapem. DEixe o gengibre em infusão por 15 minutos. Então coe o líquido com uma peneira diretamente em uma xícara para consumo imediato, ou em um jarro, se você deseja bebê-lo mais tarde. Mantenha o restante na geladeira para que seja reaquecido ou bebido frio, como você preferir. Essas quantidades dornecem três doses, um único suprimento diário.

Para uma única xícara use 3 colheres de chá de gengibre ralado para 1 xícara de água fervente.

Se presistirem os sitomas um médico deve ser consultado.

Receita especial

Biscoito de gengibre

Ingredientes:

2 xícaras (chá) de farinha de trigo

100g de mateiga

2 colheres (chá) de gengibre em pó

1 colher (chá) de bicarbonato de sódio

1 ovo batido

4 colheres (sopa) de mel

1 xícara (chá) de açucar mascavo

manteiga e farinha, o quanto baste para untar

Modo de preparo:

  • Coloque a manteiga, o açucar e o mel numa panela média e leve ao fogo baixo para derreter. Mexa bem até qeu toda a mistura tenha derretido.
  • Coloque a farinha de trigo e o gengibre e o bicarbonato peneirados, num recipiente.
  • Acrescente a calda derretida e o ovo batido no recipente com a farinha. Mexa bem com uma colher de pau até obter uma massa uniforme.
  • Embrulhe a massa em filme plástico. Não se preocupe com a consistência da massa, pois a princípio ela fica muito mole. Leve a massa à geladeira por 12 horas pu até que fique dura.
  • Ligue o forno em temperatira média (180°C)
  • Polvilhe uma superfície lisa com bastante farinha de trigo. Abra a massa com um rolo, deixando uma espessura de 0,5 cm. Corte a maassa com cortadores de formatos variados. Se você não tiver nenhum, use a boca de um copo.
  • Unte uma assadeira com manteiga e farinha. Distribua os biscoitos na assadeira, deixarndo uma margem de 2cm enter eles. Leve ao forno pré-aquecido por 10 minutos ou até os bicoitos começarem a dourar. Retire os fiscoitos do forno e espere esfriar. Quando os biscoitos ficarem firmes, retire-os com a ajuda de uma espátula.
  • Se preferir, enfeite os biscoitos com glacê. Conserve em recipiente fechado, em local seco e arejado.

Ingredientes do glacê:

1 clara de ovo

Açúcar para confeiteiro, o quanto baste

Corante alimentício em cores variádas





Alimentação antes, durante e após o exercício

20 07 2010

Alimentação adequada propicia um melhor rendimento durante o treino e uma recuperação mais rápida e eficaz. Por isso fique atento às dicas a seguir.

Antes o exercício

É sempre importante se alimentar antes de treinos, já que grande quantidade de energia será gasta durante o mesmo. Principalmente aqueles que treinam pela manhã, pois passaram um período muito longo de jejum durante o sono e precisam repor a energia.

A refeição antes do exercíco deve ser realizada 1 a 3 horas antes da prática esportiva e conter alimentos ricos em carboidarto (pão, banana, bolo, aveia, lentilha, maçã, barras de cereais, entre outros) porque eles são digeridos mais facilente o que reduz a sensação de desconforto durante a atividade além de ser fonte mais rápida de energia. Dê preferência aos carboidratos integrais, que contém maior quantidade de fibras e por isso vão gerar energia mas lentamente, conseguindo suprir a necessidades por mais tempo . Deve-se moderar os alimentos ricos em proteína (carnes, por exemplo) e evitar as gorduras (frituras…) já que ficaram longo tempo no estomago, pois demoram para serem digeridos, podendo assim causar desconforto durante ó exercício.

É importante também, principalmente antes de competições, que o atleta consuma alimentos familiares a fim de evitar qualquer imprevisto durante a prova.

Não exagerar no volume é outra dica muito importante.

Durante o exercício

Durante o treino deve-se ingerir carboidratos, para aumentar o rendimento e retardar o cansaço, como não é possivel parar o treino ou competição para comer, por exemplo, uma barra de cerais  uma boa dica seriam os suplementos a base de carboidrato em gel, por exemplo o “Carb up – gel”, já que são mais faceis de serem utilizados.

Após o exercício

O objetivo da refeição pós-exercício é oferecer uma quantidade de energia adequada, já que houve um gasto elevado de energia, além de recuperar os danos causados nos músculos (princicalmente quem deseja fazer hipertrofia, ou seja, ficar “malhado”, “trincado”). Para isso contamos mais uma vez com os carboidartos que são ótima fonte de energia e agora com a proteína (carne, leite entre outros).

Para quem quer emagrecer é importante ficar pelo menos 40 minutos de jejum.

E para quem quer ficar “malhado” a proteina pós exercício é essencial.

Gorduras devem ser evitadas antes, durante e após o exercício, mas lembre-se que elas também são importantes para seu organismo e sem elas  não há benefícios na performance.

Por fim, a hidratação é importantíssima em todos os momentos. É a água que faz transporte de nutrientes no organismo, controla a temperatura corporal, lubrifica as articulações e propicia forma ao corpo, além de muitas outras funções.

Uma dica prática é para cada quilo perdido durante o exercício deve-se ingerir ao longo do dia 1 litro a mais de água. Pese antes e depois do exercício e saberá quanto de líquido você perdeu, essa quantidade deve ser reposta. Mas lembre-se 1Kg a menos é igual a 1 litro de água a mais do que já deveria ser tomado (em média 2 litros/dia).

Essas são apenas algumas dicas, para calcular uma dieta adequada é necessário avaliar o horário, tipo, intensidade, duração, frequência do exercício, avaliar também sua composição coporal e muito mais então, para ter um bom rendimento e treinar de maneira saudável o acompanhamento de nutrcionista e educador físico é imprescíndível.





Projeto que lei que limita quantidade de sal nos alimentos industrializados

19 07 2010

COM ASSESSORIA DA SBC, DEPUTADO LANÇA PROJETO DE REDUÇÃO DO SAL
 

O deputado federal Arlindo Chinaglia, que é médico, falou ontem (dia 26) por 25 minutos na Câmara dos Deputados, para apresentar o primeiro projeto de lei brasileiro que limita a quantidade de sal nos alimentos industrializados, que não poderão ter mais que 400 miligramas por 100 gramas do produto. Os que não se enquadrarem, diz o documento legal, deverão ter um aviso informando que se trata de “Alimento com alto teor de sódio”.

A apresentação do projeto foi feito na presença dos diretores das sociedades brasileiras de Cardiologia, Hipertensão e Nefrologia, sendo de notar que a proposta foi preparada com assessoria da SBC, cujo coordenador de Ação Social, Carlos Alberto Machado, apresentou os trabalhos preparados pelo Funcor e os dados científicos levantados pela entidade, como subsídios para a redação do projeto.

Caso raro na Câmara Federal, o presidente da mesa cumprimentou de público o deputado pela importância do projeto e Chinaglia, em sua apresentação, ressaltou como foi sensibilizado pela campanha da SBC e convencido de que a redução do consumo de sódio vai, em última análise, salvar vidas de brasileiros.

Se aprovado, o projeto de Chinaglia tornará o Brasil um dos raros países do mundo a regulamentar a quantidade de sal.

ASSOCIAÇÕES FÍSICAS DE FÁRMACOS
Também ontem, Dia Nacional de Combate à Hipertensão, a SBC conseguiu a promessa do presidente da Anvisa, Dirceu Raposo de Mello, da realização, nas próximas semanas, de um seminário juntamente com as sociedades médicas, para redação de um protocolo objetivando a dispensação pelas farmácias populares de associações fixas de fármacos hipertensivos. Nas farmácias populares, 90% do custo do medicamento são absorvidos pelo governo.

OPAS PREOCUPADA
Os representantes das sociedades médicas, da Anvisa, do Ministério da Saúde e do Ministério da Agricultura, que é o responsável pela fiscalização dos alimentos industrializados, reuniram-se na Organização Panamericana de Saúde (OPAS), em Brasília, por ocasião do Dia Nacional de Combate à Hipertensão, para discutir a questão do abuso do sal na alimentação. O problema não é só brasileiro, garantem as autoridades da OPAS, que defendem a necessidade de somatória de esforços para obter resultados difíceis, se forem tomadas ações isoladas.

A proposta da OPAS é criar ações que levem à redução do consumo do sal e, consequentemente, à baixa da hipertensão arterial em todos os países do continente. Para a organização internacional, o consumo no Brasil é de 4,5 gramas de sódio por dia por habitante, quando o limite recomendado é de 2 gramas de sódio. Para a diretora Financeira da SBC, Andréa Brandão, é consenso médico de que, mesmo para os normotensos, é importante limitar o consumo de sal.

A OPAS pretende que, juntamente com as autoridades e as sociedades médicas, sejam criadas campanhas que levem à rotulagem mais clara dos alimentos, principalmente dos embutidos, ao esclarecimento da população, de que é exemplo o Selo de Aprovação da SBC, concedido a alimentos industrializados saudáveis.

Conheça o texto do projeto de lei. Clique aqui.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Jornalista Responsável: Luiz Roberto Queiroz





HC – Uberlândia

18 07 2010

 

Visita ao Hospital das Clinicas em Uberlândia.





Visita ao Abrigo Missão Criança

18 07 2010

 

Evento realizado no Abrigo Missão criança, em Uberlândia, MG.