Outubro Rosa!!!

5 10 2012

 

 

 

 

Mudanças de hábitos que fazem a diferença.
Opte por uma alimentação mais natural. Essa alimentação desregrada e rica em conservantes, enlatados, agrotóxicos só fazem mal a nossa saúde. Quanto mais natural melhor, mais vitaminas, mais proteção para o seu organismo!!!
Pense nisso!!! É simples e saboroso!!!

Anúncios




11 CUIDADOS PARA FORTALECER AS DEFESAS

5 09 2011

Com esse clima louco, um dia frio, outro quente e ainda mais seco do que nunca as doenças oportunistas aparecem… resfriado, alergia, dores no corpo, de cabeça…

Por isso é muito importante fortalecer nosso sistema imunológico e para não precisar abusar nos medicamentos use a alimentação e alguns hábitos a seu favor…

Siga essas dicas simples e faça com que os “soldadinhos” do seu corpo fiquem bastante fortes.

1. Nenhum alimento sozinho faz milagre.

 2. Evite a monotonia alimentar, pois quanto maior for a variedade de alimentos (principalmente os vegetais), maior será o consumo de vitaminas e minerais.

3. Procure consumir alimentos integrais, naturais, como as frutas (laranja, acerola, mamão, manga, goiaba, melancia e uva), hortaliças (abóbora, cenoura, couve, brócolis, berinjela e tomate), cebola, alho, aveia, gérme de trigo, nozes e castanhas.

4. Coma soja, feijão, ervilha e lentilha. Modere o sal, açúcar, frituras, banha e toucinho.

5. Procure comer mais carnes brancas, como peixes e aves.

6. Não abuse de alimentos industrializados. Beba no mínimo 2 litros de água por dia (fi ltrada ou fervida).

7. Lave as mãos com água e sabão, principalmente antes do preparo dos alimentos e antes das refeições. É uma medida simples que evita muitas doenças.

8. Procure dormir bem. O sono é vital para repor suas energias.

9. Pratique alguma atividade física.

10. Reserve tempo para divertir-se e curtir a família e os amigos.

11. É importante que você faça um acompanhamento periódico de seu estado nutricional, incluindo avaliação com um nutricionista.

Lembre-se que estes cuidados são seus aliados, contribuindo para melhorar sua imunidade e qualidade de vida.

 

FONTE: Cartilha GENA (Grupo de Estudos em Nutrição e AIDS)





Como controlar o colesterol?

8 08 2011

8 de agosto – Dia Nacional do Controle do Colesterol.

Primeiro é necessário saber o que é e quais as funções dele.

O colesterol está presente nos organismos animais (por isso não se engane, nenhum alimento vegetal contém colesterol, nem mesmo os óleos – NENHUM) e é essencial para a vida já que ele az parte da estrutura das membranas celulares, faz parte da síntese de hormônios, ácido biliar e vitamina D. Quando não ingerido em quantidades adequadas ele é sintetizado pelo fígado.

As moléculas de colesterol são transportadas [“embrulhados”] em nosso organismo pelas lipoproteínas. Que são:

Quilomicrons: transportam o colesterol para o músculo para produção de energia e para o tecido adiposo (“culote”, “barriguinha”) para estocagem e para o seios para a produção de leite.

VLDL (Very Low Density Lipoproteins): transportam o triglicerídeos do fígado para os músculos e tecido adiposo e na medida que perdem triglicerídeos podem coletar mais colesterol e tornam-se LDL

LDL (Low Density Lipoprotein): carregam cerca de 70% do colesterol do corpo. São pequenas e densas o suficiente para atravessar as vasos sanguíneos e ligarem-se às membranas das células dos tecidos.

HDL (High Density Lipoproteins): responável por carregar o colesterol em excesso de volta para o fígado.

 

A LDL e a HDL são as mais conhecidas e são também chamadas de colesterol mal e colesterol bom, respectivamente, mas vale lembrar que colesterol só existe um, o que muda é a forma como ele é transportado. Níveis elevados de LDL está relacionado com aterosclerose e doenças do coração enquanto a HDL está relacionada com proteção contra essas doenças.

Deixar os níveis de colesterol elevados é muito fácil basta ingerir muita carne vermelha, bacon, torresmo, leites muito gordurosos, manteiga…

E manter nos níveis normais? É difícil?

NÃO, não mesmo..

Há muitas formas de controlar o colesterol, veja algumas abaixo:

– Optar por leite e iogurtes desnatados, evitar queijos gordos e preferir queijos magros que contém menor quantidade de gordura saturada e colesterol

– Estudos indicam que as fibras reduzem significativamente os níveis de colesterol, então consuma frutas, verduras e folhas, além de cereais integrais como pão integral, arroz integral, macarrão integral…

– Algumas pesquisas indicam que o consumo regular de oleaginosas (castanha do para, castanha de caju, amêndoas, nozes) aumentam os níveis de HDL e reduzem o colesterol.

– Compostos encontrados na uva e na soja também ajudam a reduzir os níveis de colesterol.

– Consuma 2 colheres de sopa de azeite por dia (nas saladas, por exemplo).

– Pratique atividade física ela ajuda a aumentar os níveis de HDL.

 

FONTE:

 Revista Eletrônica do Departamento de Química – UFSC

http://www.qmc.ufsc.br/qmcweb/artigos/colesterol.html

Prof Dorival

http://www.profdorival.com.br/page4/files/colesterol.pdf

Colesterol, amigo ou inimigo?

http://www.melnex.net/colesterol.pdf