Como organizar sua geladeira?

23 08 2010

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cuidados básicos:

– Alimentos devem ser condicionados em embalagens fechadas.

– Não colocar alimentos empilhados

– Não colocar alimentos encostados na “parede” ou muito próximos a serpentina

– Não guardar nenhum alimento em recipiente de madeira

– Evite guardar alimentos em recipientes como: alumínio, ferro

– Guarde os alimentos em vasilhas plásticas fechadas, isso inclui os enlatados, que após abertos devem ser retirados de suas embalagens de origem

– Não coloque forros nas prateleiras, isso evita que o ar gelado passe

– Evite abrir e fechar a geladeira várias vezes

– Os alimentos devem conter uma etiqueta com data de validade ou a data que foi aberto, assim você evita consumir alimento estragado e é possível saber até quando ele poderá ser utilizado

– Verifique se está ocorrendo a vedação correta nas borrachas. (Feche a geladeira com um olha de papel entre a porta, se a folha deslizar significa que a borracha não está vedando, isso pode acarretar em maior gasto de energia e menor conservação dos alimentos).

– Lave sua geladeira com água e água clorada (1 Litro de água/1 colher de substância clorada)

 

Gaveta inferior ou parte 1

– Verduras de folha devem ficar bem longe do congelador, pois elas queimam com o frio.

– Na gaveta inferior da geladeira coloque: Verduras de folhas e legumes, que devem estar embaladas em sacos plásticos bem fechados, se ficar sem plástico também queima.

 

Parte 2

Na prateleira logo acima da gaveta, coloque:

– Frutas macias e frutas mais duras acondicionadas em embalagens plásticas fechadas. Quando tirar algum item deixe a prateleira limpa e arrumada.

OBS: Se sua geladeira conter 2 gavetas, as frutas podem ser colocadas dentro dela.

 

Parte 3

Na prateleira intermediária, coloque:

– Sobras de alimentos, acondicionadas em vasilhas quadradas ou retangulares com tampa.

– Sobremesas, salada de fruta, ovos cozidos, frutas picadas

Carnes em fase de descongelamento ou temperadas, no mesmo tipo de vasilha.

– Período máximo de permanência: 24 a 48 horas

 

Parte 4

Na prateleira superior coloque:

– Ovos em vasilhas tampadas, queijo, leite, iogurte, bacon, requeijão, frios (presunto e mussarela)

– Alimentos mais perecíveis (ricos em proteína)

 

Parte 4

Na gaveta superior, coloque:

– Carnes frescas (48 horas em refrigeração)

– Peixes frescos (24 horas em refrigeração)

 

Parte 5

Na porta coloque:

– Bebidas

– Sucos

– Refrigerantes

– Água

– Maionese, ketchup

– Temperos

– Doces

– Enlatados

– Margarina

– Extrato de tomate aberto

 

Congelador

– Alimentos condicionados em embalagens fechadas.

– Não colocar alimentos empilhados

– Não colocar alimentos encostados na “parede”

 

Mantenha sua geladeira limpa e organizada!!!

 

Anúncios




Crepe de banana

12 08 2010

Ingredientes:

Banana-nanica – 3 unidades

Ovo – 1 unidade

Leite – 1/2 xícara (chá)

Açucar – 6 colheres (sopa)

Farinha de trigo – 9 colheres (sopa)

Fermento em pó – 1 colher (chá)

Óleo – 1 colher (sopa)

Açúcar para polvilhar – 1 colher (sopa)

Modo de preparo:

Amasse as bananas, com auxílio de um garfo e misture todos os ingredientes, fazendo uma massa consistente. Unte a frigideira com o óleo e, com o auxpilio de uma colher, frite a massa em porções de formato oval, dourando os dois lados. Sirva com açúcar polvilhado.

Dica: Se desejar, acrescente canela em pó

Comentarios da autora:

Esse crepe fica simplesmente MARAVILHISO, de verdade, fica uma delícia.

Mas eu fiz algumas mudancinhas. Eu usei banana prata (porque era a que eu tinha aqui em casa) e não polvilhei o açúcar, mas fiz uma calada de caramelo coloquei por cima.

– A massa não pode ficar muito grossa, nem muito fina.

– Deixe o fogo baixo pra cozinhar a massa direitinho.

– Unte a panela só com um pouquinho de óleo. (É possivel peceber na foto abaixo que coloquei puco óleo, só um fio, e não grudou. E minha frigideira nem é antiaderente)

– Sirva frio, fica mais saboroso.

Perfeito.

Banana é rica em potássio que evita cãibras e controla a pressão arterial.

Façam em casa e digam se deu certo ou se fizeram mais alguma mudança

 

Fonte: SESI-Cozinha Brasil





Posições para amamentar

7 08 2010

Essas são algumas posições confortáveis e bem seguras para amamentar seu bebê…

Fique atenta e escolha a melhor pra você e seu filho!

Essa é a clássica. A maioria das mães preferem a posição sentada cruzada.

Mas atenção para a primeira mãe! Não precisa apertar o seio, deixe seu filho sulgar o leite, apertando você só irá se machucar.

A posição de cavalinho também é bem conforntável, mas deve-se tomar cuidado com a coluna do bebê, ok!

Deitada é outra posição ótima para amamentar, mas lembre-se de segurar seu bebê, ok!

A posição invertida é exelente para amamentar gêmeos. Cuidado para não deitar em cima do seu filho como a mãe da primeira foto.





Saiba como amamentar seu bebê

5 08 2010

Às mamães de primeira viajem, segue abaixo algumas dicas para amamentar sem dor e ter cereteza que seu filho está se alimentando direitinho. 

 

Qual a maneira certa de colocar o bebê para mamar na mãe?

 

A boca da criança fica bem aberta

O queixo do bebê toca o peito da mãe

Seus lábios estão voltados para fora

Uma área maior da aréola é visível a cima e não a baixo

A língua se encontra apoiada na gengiva inferior envolvendo o complexo da aréola mamilar

 O bebê suga, faz uma pausa e suga novamente

Sucções lentas e profundas

A mãe pode ouvir o som da deglutição

Pega incorreta

 

As bochechas ficam encovadas durante a sucção

O mamilo parece achatado quando sai da boca do bebê no final da mamada

A mãe sente dor nos mamilos durante e após as mamadas

As mamas podem ficar ingurgitadas, ou com fissuras

 

Comportamentos indicativos de saciedade

Solta o mamilo espontaneamente e afasta a cabeça

Adormece

Quando o mamilo é reintroduzido, fecha os lábios com força

Morde o mamilo, enruga os lábios ou sorri e desiste

Irrita-se ou chora

Como interromper a sucção

Coloque o dedo mínimo no canto da boca da criança até que ela largue o seio da mãe.

 

 Comportamento indicativo de leite insuficiente

Criança não saciada após a mamada

Choro após a mamada

Quer mamar com frequência

Mamadas muito longas

Recusa o peito





Amamente e dê saúde a seu filho

2 08 2010

 

A Semana Mundial da Amamentação – SMAM, celebrada anualmente de 1º a 7 de agosto, foi idealizada pela WABA (World Alliance for Breastfeeding Action – Aliança Mundial para Ação em Aleitamento Materno) e é comemorada desde 1992 em mais de 150 países com o propósito de promover, proteger e apoiar o aleitamento materno.

 
A cada ano, a WABA define o tema central da campanha, que passa a ser discutido nos diversos países, unificando as comemorações em todo o mundo. O tema definido para 2010 é “Iniciativa Hospital Amigo da Criança” (IHAC). A IHAC foi criada há vinte anos, a partir da Declaração de Innocenti, na qual foram determinadas metas e objetivos para a promoção da amamentação exclusiva até os quatro ou seis meses, e continuada até o segundo ano de vida ou mais. Cerca de 28% das maternidades do mundo (em torno de 20.000) são credenciadas na IHAC. No Brasil, 335 maternidades já foram credenciadas na Iniciativa.
 
 
Saiba, então, a importância do seu leite para seu filho
 
A produção e liberação do leite são induzidas por diversos hormônios que atuam simultaneamente na mulher, mas há alguns fatores que podem dificultar esse momento, que são: stress, medo de amamentar, ansiedade, dor, cansaço, ingestão de bebidas alcoólicas, entre outros. E como é complicado controla-los, principalmente por serem, na maioria das vezes psicológicos, há outros fatores que podem ajudar a mulher nesse período, como sucção do bebê (e se ele não estiver conseguindo peça para seu companheiro fazer o trabalho até que o leite saia e lembre-se de higienizar quando for a vez do bebê, ok!) , estimulos visuais, olfativos, auditivos e de condicionamento.
 
Uma alimentação equilibrada é essencial, já que a criança dobra o peso até o quarto mês e a mãe precisa de muita energia para suprir as necessidades do bebê e a suas também. Lembre-se a saúde do bebê depende da saúde de mãe.

É importante aumentar o consumo de cálcio através de leite, queijo, iogurte, qualhada e similares, pois o bebê está crescendo muito rápido e precisa de cálcio para formar os dentes e ossos, se a mãe não ingere, vai faltar cálcio pro bebê e as reservas da mãe serão “doadas” através do leite, assim, mãe e filho ficam com deficiência.

As proteínas (carnes, leite e derivados) formam os tecidos e anticorpos, ou seja, não pode faltar de jeito nenhum.

A vitamina A é responsavel pela visão e sua deficiência pode causar segueira noturna.

As vitaminas do complexo B ajudam no metabolismo de carboidrato, gordura e proteína, ou seja, se ficar sem elas é o mesmo que ficar sem energia e sem todos os benefícios do carboidrato, da proteina e do lipídeo, além de fica sem os benefícios dessas vitaminas.

Não só esses nutrientes, mas todos são importantes, por isso procure um nutricionista, peça um complexo vitaminico e faça uma dieta SUPER saudável.

IMPORTANTE

– Seu leite não é fraco, ele tem tudo que SEU filho precisa.

– A quantidade de leite produzida é proporcional à demanda.

– Nos primeiros dias é normal que você produza pouco leite, lembre-se que o estômago do seu bebê é bem “pequeniniho” ainda.

– Ingira muito líquido.

– Este não é o melhor momento para fazer dieta, aliás seu excesso de peso é essencial, mas isso não é motivo para comer além do necessário e não estou apoiando a obesidade,ok!

– Até os 6 meses de vida só o leite materno já é suficiente. Após esse perído introduza gradualmente os alimentos sólidos, água e sucos e continue amamentando até os 2 anos ou mais.

– Refrigerantes, principalmente os que são a base de cola, roubam o cálcio dos ossos e dentes, então se quer um filho com saúde de ferro deixe que ele descubra essas bebidas mais tarde (bem mais tarde).

– Evite produtos com cafeína ela passa para seu bebê através do leite, aliás, tudo que você ingerir passa pelo leite.

– Formulas infantis (leite em pó) e leite de vaca só seram permitidos se o nutricionista ou pediatra prescreverem. [ PS: O leite da vaca é produzido para o bezerro que nasce com 30Kg e chega aos 200kg com 1 ano, esse não é o caso de seu filho. O leite de outros animais vai machucar o intestino do bebê e pode causar alergias e intolerâncias].

Não ofereça nem deixe ninguem oferecer outro leite para seu filho.

– Com o leite materno você previne alergias no bebê e cancer de mama em você.

– Outra vantagem é que ele é a opção mais barata (e saudável).

– Amamentando você aumenta o vínculo mãe-filho.

– Nos primeiros 7 dias o leite materno é chamado de colostro, ele é amarelado e mais viscoso. Além de ser rico em proteína (anticoprpos, imunoglobulinas, substâncias antiinflamatórias e antimicrobianas – 1ª defesa da criança), vitamina A e minerais

– Seu bebê precisa de gordura BOA para desenvovimento cerebral, ele irá consegui-la se você ingerir azeite, abacate, cocô entre outros.

– Inicie o aleitamento na primeira meia hora de vida da criança, e exija quarto conjunto no hospital.

Essas são algumas dicas sobre ALEITAMENTO MATERNO, durante a semana publicarei mais dicas bem interessantes.