Análise de Suplemento: OxyElite Pro

12 07 2012

A Anvisa proibiu o OxyElite Pro…
http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2012/07/anvisa-suspende-emagrecedor-e-alerta-para-risco-de-suplementos.html

É preciso ter muito cuidado com esses suplementos que vocês compram. É só aparecer uma novidade nas revistas que todo mundo quer. Eu não canso de pedir pra procurarem um nutricionista. Quer tomar suplemento? Ótimo, o nutricionista avalia a necessidade e te indica o melhor suplemento para seu caso, ok!!!

 

Vejam abaixo uma análise feita pelo nutricionista Marcus Ávila de Belo Horizonte.

 

 

 

Como já devem imaginar, OxyElite Pro é outro afamado “suplemento” que entra em nosso país pela porta dos fundos, visto que não tem permissão para ser comercializado legalmente em território nacional.

A Anvisa, órgão que regulamenta o comércio de medicamentos e suplementos no Brasil, é muito rigorosa e não libera a venda de produtos sem baseamento científico. Muito menos substâncias perigosas mascaradas como suplementos.

OxyElite Pro contém menos susbtâncias ativas que seus parentes (Jack3d, Lipo 6, etc), sendo apenas seis tipos. Bauhinia purpurea L., Bacopa monnieri, Extrato de Gerânio ?, Cirsium oligophyllum, e Rauvolfia canescens L. e Cafeína. Olhando pelos vários nomes científicos imagina-se que são extratos vegetais e, como muita gente acredita, extratos vegetais não fazem mal à saúde não é verdade? É natural. É aí que muita gente se engana. Vários extratos naturais apresentam efeitos que, acredito, vocês não vão gostar nada de saber. Querem ver?


 Informações nutricionais do OxyElite Pro
Bauhinia purpurea L.: é uma planta nativa da China, conhecida também como unha-de-vaca, “orchid tree” e “butterfly tree“. Muito utilizada na medicina chinesa como antibacteriana, analgésica, anti-diabética, antiinflamatória, antidiarréica, anticancerígena, nefroprotetora e por regular a atividade de hormônios tireoidianos. Na tireoide, hipoteticamente, seu extrato aumenta a conversão de T4 em T3, que é mais metabolicamente ativo.
Bacopa monnieri: é uma planta comum na medicina tradicional indiana conhecida por melhorar a capacidade cerebral melhorando a transmissão de impulsos nervosos. Possui ação antiinflamatória, antitérmica, sedativa e como agente anti-epiléptico. Sugere-se também que ela afete a produção natural de hormônios da tireoide, estimulando um aumento na produção de T4. Parece que a ideia seria promover um efeito sinergico entre a Bacopa monnieri e a Bauhinia purpurea L. Aumentando a produção de T4 (Bacopa monnieri) e a conversão de T4 em T3 (Bauhinia purpurea L). Lindo isso, mas como disse em outros posts, mexer na função da tireoide sem necessidade clínica não é uma boa ideia.
Outros efeitos adversos encontrados foram: toxicidade hepática grave, problemas gastrointestinais, incluindo a frequência aumentada das fezes, cólicas abdominais e náuseas; boca seca, sede excessiva e aumento da frequência urinária, palpitações cardíacas, e a pior de todas, Bacopa monnieri pode afetar a fertilidade masculina.
Extrato de Gerânio: Na verdade, coloquei uma interrogação neste ponto, pois ontem eu fiz uma descoberta que eu não sabia sobre ele. A substância que supostamente é encontrada neste extrato já é nossa velha conhecida aqui no blog. A 1,3-Dimetilamilamina. A descoberta que fiz é que a AHPA (American Herbal Products Association), está solicitando que, à partir de janeiro de 2012, produtos que contenham esta substância não associem ou citem no rótulo como óleo de gerânio ou como qualquer parte da planta gerânio. Uma revisão crítica da literatura científica feita pela AHPA determinou que não há provas credíveis de que o componente 1,3-Dimetilamilamina é encontrado em espécies de gerânio. 1,3-Dimetilamilamina, também conhecida como 1,3-metilexano; metilexanoamina; metilexanamina; metilexamina; 4-metil-2-hexanamina, e 2-amino-4-metilexano, foi uma droga descongestionante nasal sintetizado pelo químico Eli Lilly, em 1971 e conhecida como Forthane.
Mais recentemente, tem sido utilizada em diversos suplementos alimentares com a finalidade de perda de peso e musculação. É uma substância semelhante a uma anfetamina leve. O mais assustador é que, seus efeitos colaterais não são bem estudados ou conhecidos, e tem havido ambos os relatórios positivos e negativos sobre seus efeitos. O produto foi proibido no Canadá, que geralmente é mais rigoroso em relação a suplementos que a maioria dos países. No fim de 2010 a diretoria da UEFA citou várias substâncias que estão proibidas aos seus atletas participantes, e a Metilexamina está entre elas.
Cirsium oligophyllum: é uma planta encontrada, principalmente, na África e na Europa e, recentemente, começou a aparecer no mundo dos suplementos nutricionais com a alegação de que seu extrato ajuda a perda de peso. Na literatura científica só existe um artigo. Trata-se de um estudo japonês feito com a Cirsium oligophyllum. O estudo sugere que o extrato seria capaz de reduzir a gordura corporal, especificamente a gordura subcutânea através do aumento de atividade da cafeína, promovendo um efeito lipolítico mais potente. Este efeito seria, em torno de, dez vezes maior. Tudo bem que há estudo dando informações, mas convenhamos, somente um. Ainda é cedo para afirmar com certeza este efeito sinérgico.
Rauvolfia canescens L: também conhecida como Rauvolfia tetraphylla L. Seu extrato é rico em um composto ativo chamado Rauwolscine, que também é conhecida como α-ioimbina e corynanthidine. É um análogo da ioimbina, mas seus efeitos diferem um pouco. Atua como um bloqueador adrenérgico, exercendo um efeito vasodilatador periférico. Para saber os efeitos da ioimbina leia: Lipo 6 Black – Análise do Suplemento.
Rauvolfia não deve ser ingerida por pessoas que sofrem de depressão, ulcerações ou apresentem tumor da glândula adrenal. Além disso, mulheres que estão amamentando ou grávidas devem evitar esta substância, já que pode passar através do leite materno e pode ter efeitos desconhecidos sobre o feto. Os efeitos colaterais da Rauvolfia incluem congestão nasal, depressão, cansaço e disfunção erétil, depressão grave, aumento de apetite e ganho de peso e sonolência. A operação de veículos ou máquinas pesadas deve ser feita com precaução.

  Tamanho da cápsula comparada à uma moeda
 
Cafeína: A cafeína, chamada quimicamente de 1, 3, 7 trimetilxantina, pertence ao grupo das xantinas. É metabolizada pelo fígado e tem efeitos em vários tecidos, como no Sistema Nervoso Central, musculatura esquelética, cardíaca, lisa brônquica, na função renal e no trato gastrintestinal. Ela induz uma estimulação indireta do sistema nervoso, aumentando a excitação dos motoneurônios, facilitando o recrutamento das unidades motoras dos músculos. Além disso, aumenta a atenção, a concentração, melhora do humor, melhora o tempo de reação, aumenta a liberação de adrenalina e noradrenalina, a mobilização de gorduras e seu uso como energia pelos músculos.
Informações e avisos quanto ao risco de uso deste produto
Conclusão:  
OxyElite Pro não justifica seu uso. Seus componentes, em sua maioria, não apresentam respaldo científico, a maioria dos estudos encontrados foram feitos em modelos animais, e não foram reproduzidos em humanos. Excluindo a cafeína, nenhuma das substâncias me apresentou garantias reais de que agem na degradação de gordura sem comprometimento da saúde. Assim, não recomendo seu uso. Alimentação adequada, exercícios sérios e disciplina podem promover resultados bem melhores que os esperados pelo uso deste produto.
Nutr. Marcus Ávila
Belo Horizonte – MG
www.pesosaudavel.com.br

FONTE: Portal Meu Nutricionista

Anúncios




Hoje é dia de feira – Conheça mais sobre os benefícios da banana

27 06 2012

Reportagem de Vinícius Lemos com imagens de Maurício Florentino para o Jornal da Vitoriosa de 01/06/2012.





Isotônicos e Energético – Afinal qual a diferença entre eles

5 06 2012

Percebo em meu consultório que muitos ainda tem dúvidas sobre a diferença entre energéticos e isotônicos.

Preparei uma tabela para esclarecer essas dúvidas.

Clique na imagem para ampliar

De acordo com a RDC 18/2010 da Anvisa, capítulo III e artigo 6º, os suplementos hidroeletrolíticos para atletas devem atender aos seguintes requisitos:

I – a concentração de sódio no produto pronto para consumo deve estar entre 460 e 1150 mg/l, devendo ser utilizados sais inorgânicos para fins alimentícios como fonte de sódio;
II – a osmolalidade do produto pronto para consumo deve ser inferior a 330 mOsm/kg água;
III – os carboidratos podem constituir até 8% do produto pronto para consumo;
IV – o produto pode ser adicionado de vitaminas e minerais, conforme Regulamento Técnico específico sobre adição de nutrientes essenciais;
V – o produto pode ser adicionado de potássio em até 700 mg/l;
VI – o produto não pode ser adicionado de outros nutrientes e de outros componentes que não sejam considerados nutrientes;
VII – o produto não pode ser adicionado de fibras alimentares.
§1°. Quanto ao tipo de carboidrato, referente ao inciso III, este produto não pode ser adicionado de amidos e poliois.
§2°. Com relação ao teor de carboidratos, constante do inciso III, o teor de frutose, quando adicionada, não pode ser superior a 3% do produto pronto para o consumo.

Segundo a RDC 18/2010 da Anvisa, capítulo III e artigo 7º, os suplementos energéticos para atletas devem atender aos seguintes requisitos:

I – o produto pronto para consumo deve conter, no mínimo, 75% do valor energético total proveniente dos carboidratos;
II – a quantidade de carboidratos deve ser de, no mínimo, 15 g na porção do produto pronto para consumo;
III – este produto pode ser adicionado de vitaminas e minerais, conforme Regulamento Técnico específico sobre adição de nutrientes essenciais;
IV – este produto pode conter lipídios, proteínas intactas e ou parcialmente hidrolisadas;
V – este produto não pode ser adicionado de fibras alimentares e de não nutrientes.

Fonte: Nutritotal





Fuja do Diabetes

2 05 2012

Sedentários de plantão, um estudo recente, de pesquisadores da Northwestern University, concluiu que indivíduos que não praticam atividade física após os 20 anos de idade tem mais chances de contrair Diabetes tipo II. Eles analisaram 3.989 pessoas durante 20 anos e constaram que a explicação para esse fato é que nas pessoas com mais de 20 anos setentárias o IMC (Índice de Massa Corporal) foi maior.

Atenção!!! Procurem um educador físico e encontre um exercício que seja específico para seu caso e que você goste.

 

Saiba mais sobre dibetes aqui: Diabates





Queimando calorias

11 04 2011

Queimar as calorias do corpo não é tão simples como parece. São necessários varios minutos a mais na esteira ou bicicleta para eliminar os excessos do fim de semana.

-Vou comer somente algumas bolas de sorvete…amanhã eu “malho” e queimo esse pote inteiro!!!

Quem nunca disse isso que atire a primeira pedra.

Mas não é tão simples como parece. Para eliminar 1Kg você precisa queimar 7700 calorias, em média. Muito? E quando a gordura já está depositada em nosso organismo é bem mais difícil acabar com ela. A perda de peso requer muito esforço e disciplina.

Na bicicleta com velocidade de 10Km/h gasta-se cerca de 240Kcal/hora e na esteira a 7,2Km/h 440 calorias a cada hora.

Fiz alguns cálculos para termos noção de quanto tempo na esteira e bike precisamos para queimar os “excessinhos”.

Veja abaixo:

Isso mesmo, 1 simples bola de sorvete de chocolate precisa de mais de meia hora de bicicleta para ser queimada. Agora me diga uma coisa…Quem consome somente 1 bola? Existe?

E a pizza de frando com catupiry…quase 3 horas de bicicleta e mais de 1 hora e meia na esteira. (7,2 na esteira já é uma corridinha, viu!!!)

Bom, eu queria mostrar a vocês que não são 5 ou 10 minutos a mais na esteira que vão acabar com os “pecados”. E que essa é maior causa de fracasso no processo de perda de peso. A pessoa pensa que só um pouquinho não vai fazer diferença, mas faz. No nosso organismo cada gotinha de água faz muita difereça. Não somos uma calculadora que é só somar e diminuir, há um processo bastante complicado que envolve cada parte do organismo.

Então, fique atento! Seja firme e forte. Resista as tentações, perca os quilos que precisa perder e depois que alcançar seu objetivo você poderá comemorar com pizza, quem sabe!

Fonte:

Tabela para avaliação de consumo alimentar em medidas caseiras – Ana Beatriz





Perca 10Kg em 2 semanas, 20 em 3…fique forte e musculoso sem fazer esforço…blábláblá…

8 02 2011

POR QUE EVA COMEU A MAÇÃ ?

Não foi assim “facinho” não!!!
No início, Eva não queria comer a maçã.
– Come ! – disse a serpente astuta – e serás como os anjos!
– Não – respondeu Eva. Virando a cara para o lado!
– Terás o conhecimento do Bem e do Mal – insistiu a víbora.
Eva cruzou os braços, olhou bem na cara da serpente e respondeu firme: Não!
– Serás imortal.
– Não! Já disse!
– Serás como Deus!
– NÃO e NÃO! Já disse que NÃO!
Irritadíssima, quase enfiando a maçã goela abaixo, a serpente já estava desesperada e não sabia mais o que fazer para que aquela mulher, de princípios tão rígidos e personalidade tão forte comesse a maçã.
Até que teve uma idéia, já que nenhum dos argumentos haviam funcionado…
Ofereceu novamente a fruta e disse com um sorrizinho maroto:
Come, boba!!! EMAGRECE!!!
Foi tiro e queda!!!
(autor desconhecido)

Engraçado?!? Eu não diria isso… Na verdade é muito sério…

É isso que algumas empresas fazem ao divulgar seus produtos, enganando a população e fazendo com que você consuma algo que na maioria das vezes é viciante, e só faz efeito se você continuar usando, ou seja, quando acha que o tratamento acabou ganha o dobro de peso e tem que começar tudo de novo.

Não tenho a intenção de difamar nenhum produto encontrado no mercado, mas tenho o dever de alertar você sobre estas dietas malucas, shakes milagrosos, aparelhos, massagens…Alguns realmente fazem efeito e são bons pra sua saúde, mas como saber? Pra isso é necessário procurar ajuda de um nutricionista qualificado que te direcionará quanto a qual produto escolher.

Emagrecer não é algo tão simples assim, você tem que pensar que levou anos para chegar ao peso que está hoje e não será em 1 ou 2 semanas que eles irão desaparecer, pelo menos, não de uma forma saudável. Mas se sua intenção é ficar magérrima e doente, siga em frente, opte pela dieta mais louca que encontrar.

Para emagrecer você precisa gastar mais do que ingere, e não ingerir pouco porque não quer gastar. Uma dieta balanceada, rica em vitaminas e minerais, fibras, que contenha a quantidade adequada de carboidrato, proteína e gordura associada a prática de exercício físico (sempre com acompanhamento de um profissional) com certeza fará com que você perca gordura, ganhe massa muscular e fique com shape que você deseja de forma saudável e segura.

Mas meu recado não é só aqueles que querem perder as gordurinhas em excesso. Os que desejam ficar “musculosos”, “bombados”, “trincados” também devem ficar atentos. O uso indiscriminado de suplementos pode fazer muito mal a sua saúde. E ainda tem os que preferem as “bombas” ou anabolizantes, um desastre.

Por isso, meus amigos, vamos ligar nosso lado crítico e pesquisar se realmente aquele produto que você viu é bom de VERDADE. Na dúvida procure um nutricionista para te auxiliar e mande suas dúvias para mim, posso não saber a resposta, mas sei onde procurar por ela. 





Nota rápida: Saiba usar os suplemetos

18 01 2011

Não adianta usar o melhor suplemento se a dieta não é balanceada, por exemplo Whey protein + dieta com pouco carboidrato = gasto de proteína para fornecer energia e não para hipertrofia

Por isso a necessidade de procurar um nutricionista competente para orientar quanto aos melhores alimentos para você.