Não se deixe enganar

28 06 2012

“Alimentos naturais não vem em latas”!!! A mídia divulga uma forma prática de se alimentar, excluindo os alimentos de verdade, os naturais, você não pode cair nessa!!!

Está na moda ser saudável e natural, não é verdade!??! Da maquiagem ao combustível do carro tudo tem que ser natural. A indústria alimentícia não poderia ficar de fora, mas como plantar tomate não é o objetivo de todos, os empresários resolveram adaptar seus produtos e vender o “natural”, “saudável” e prático, bem mais prático do que gastar tempo cozinhando um alimento in natura. Mas será que estes alimentos são realmente saudáveis? Sopas, temperos, sucos em pó, sucos em caixa, fruta seca, congelados, embutidos, enlatados… são inúmeras as opções de alimentos pré-preparados, basta um micro-ondas ou uns minutinho de água fervendo e voilá seu jantar está pronto.

Em tempos de “correria” é bem mais fácil preparar uma sopa em 5 minutos do que investir 20 cozinhando legumes. Não ter tempo pra nada também está na moda. Mas e se eu te fizer a seguinte proposta: Tenho um trabalho novo pra você, com carga horária de 3 horas por dia com um salário ótimo e benefícios vitalícios. E ai? Você aceita?

E porque não gastar esse tempo preparando seus alimentos e se alimentando. E eu não estou falando só de sentar e engolir a comida, falo de saborear, mastigar, descansar e aproveitar o que o alimento tem de melhor. Se investir 20 minutos no café da manhã, 10 minutos no lanche da manhã, 1 hora no almoço, 20 minutos no lanche da tarde, 1 hora no jantar, e 10 minutos antes de dormir você consegue preparar suas refeições com alimentos de verdade.

Uma vida mais natural e saudável é questão de escolha e não de tempo, ou falta dele. Escolher por uma vida natural traz benefícios pra hoje e pro seu futuro, prevenção e até cura de muitas doenças.

Somos bombardeados pela mídia com propagandas dizendo que precisamos de uma alimentação mais rápida e prática e ainda tem o status que se ganha ao comprar uma comida pronta, as crianças, por exemplo, adoram levar salgadinhos e bolachas de lanche pra escola, mas morrer de vergonha de levar frutas ou um sanduiche preparado com salada de carne.

Está na hora de voltarmos a nossas origens e valorizarmos o que realmente é natural e faz bem ao nosso organismo. Esses alimentos industrializados são ricos em conservantes, aromatizantes, flavorizantes e todos esses “antes” que fazem muito mal a nossa saúde, são eles um dos principais culpados do aumento do número de câncer, infarto, avc, diabetes, hipertensão, problemas psicológicos como estresse, depressão e ansiedade e vários outros. Além de não contribuírem para nossa saúde ainda impedem que alguns nutrientes sejam absorvidos.

Anúncios




Denuncie!!! E seu direito e dever também

20 07 2011

Este post é mais um desabafo ao que anda acontecendo e hoje foi a “gota d’água” (acreditem, foi a ultima, mesmo).

É fato de que todos os estabelecimentos que vendem alimentos devem ter um responsável técnico para garantir a “harmonia” higiênica do local. Mas não é isso que vejo por ai. Durante muito tempo pensei que o problema não era meu e que se eu estivesse incomodada eu que procurasse outro local. Mas sou consumidora e nutricionista, então o problema é meu sim. E a partir de hoje vou denunciar tudo que eu encontrar de errado e te encorajo a fazer o mesmo.

A denuncia deve ser fita a Vigilância Sanitária ou a quem fizer esta fiscalização ai em sua cidade.

Fique atento a qualquer, qualquer mercadinho, mercearia, restaurante, lanchonete, bar, super e hipermercados…enfim, qualquer lugar que vender alimento e bebidas.

O “cheklist” aplicado pela Vigilância é bem grandinho,mas vou dar algumas dicas do que eu mais vejo por ai para que você possam também fiscalizar. Se alguém tiver mais dicas é só escrever nos comentários.

– Freezer de açougue e frios deve estar refrigerado e longe de contaminação. Isso acontecerá de estiver devidamente fechado, normalmente com silicone nas emendas dos vidros (hoje eu vi um açougue em que os vidros tinham aproximadamente 1cm de distância um do outro). Quando o vidro não está “colado” ou os funcionários deixam as portas abertas, a temperatura não fica adequada e há risco muito grande de entrada de insetos, objetos indesejados, saliva… facilitando assim a contaminação.

– Observe se o local está limpo, principalmente os balcões. Eles devem ser de algum material impermeável. Por isso não indicado que sejam de madeira ou plástico. Imagine um balcão de plástico no açougue, todos os dias (todos os minutos) o açougueiro corta carnes, certo?! a faca não atinge somente a carne,mas também o balcão, fazendo cortes que são difíceis de serem limpos, há então, a formação do biofilme, que nada mais é do que uma camadinha de microorganismos que se proliferam e contaminam nossas carnes, frios e tudo mais que passar por ali.

– Os pães não devem ficar expostos e cestas abertas. Assim como você, qualquer inseto também “visita” o pão e ai você já sabe, né. Sem falar que as pessoas conversam em cima do pão e a saliva delas também contamina (Cada pessoa tem um monte de bactérias que não fazem mal nenhum pra elas, mas que pra outras pode fazer um belo estrago).

– Não pode haver formação de gelinhos nos congelados, se houver é sinal de que o freezer foi desligado (provavelmente durante a noite) para poupar energia. A temperatura ambiente por mais de uma hora e trinta minutos a maioria das bactérias se dividem e se forem patogênicas vão “estragar” seu alimento. Se não for por contaminação, por exemplo, a mandioca congelada fica amarga e difícil de congelar.

– Os funcionários devem estar limpos, sem machucados, de touca e sem nenhum fiozinho de cabelo para fora, aqueles que tem pêlos nas mãos devem se depilar.

Bom, foi isso que eu vi hoje em um hipermercado (não vou revelar o nome para não me comprometer). A denuncia já foi feita e a mulher que me atendeu me disse que me dará retorno sobre as providências que serão tomadas após a “ visitinha” deles. Quando ela me avisar eu conto para vocês.

 

Aqui em Uberlândia o Telefone para denuncias é (34)3239-2800

Os estabelecimentos fiscalizados tem um cartaz com o telefone é só ligar, ok!

Encontrei este link no site da Anvisa, mas acho mais interessante denuncias por telefone (não se esqueça de anotar o protocolo)

http://www1.anvisa.gov.br/ouvidoria/CadastroProcedimentoInternetACT.do?metodo=inicia