Amamente e dê saúde a seu filho

2 08 2010

 

A Semana Mundial da Amamentação – SMAM, celebrada anualmente de 1º a 7 de agosto, foi idealizada pela WABA (World Alliance for Breastfeeding Action – Aliança Mundial para Ação em Aleitamento Materno) e é comemorada desde 1992 em mais de 150 países com o propósito de promover, proteger e apoiar o aleitamento materno.

 
A cada ano, a WABA define o tema central da campanha, que passa a ser discutido nos diversos países, unificando as comemorações em todo o mundo. O tema definido para 2010 é “Iniciativa Hospital Amigo da Criança” (IHAC). A IHAC foi criada há vinte anos, a partir da Declaração de Innocenti, na qual foram determinadas metas e objetivos para a promoção da amamentação exclusiva até os quatro ou seis meses, e continuada até o segundo ano de vida ou mais. Cerca de 28% das maternidades do mundo (em torno de 20.000) são credenciadas na IHAC. No Brasil, 335 maternidades já foram credenciadas na Iniciativa.
 
 
Saiba, então, a importância do seu leite para seu filho
 
A produção e liberação do leite são induzidas por diversos hormônios que atuam simultaneamente na mulher, mas há alguns fatores que podem dificultar esse momento, que são: stress, medo de amamentar, ansiedade, dor, cansaço, ingestão de bebidas alcoólicas, entre outros. E como é complicado controla-los, principalmente por serem, na maioria das vezes psicológicos, há outros fatores que podem ajudar a mulher nesse período, como sucção do bebê (e se ele não estiver conseguindo peça para seu companheiro fazer o trabalho até que o leite saia e lembre-se de higienizar quando for a vez do bebê, ok!) , estimulos visuais, olfativos, auditivos e de condicionamento.
 
Uma alimentação equilibrada é essencial, já que a criança dobra o peso até o quarto mês e a mãe precisa de muita energia para suprir as necessidades do bebê e a suas também. Lembre-se a saúde do bebê depende da saúde de mãe.

É importante aumentar o consumo de cálcio através de leite, queijo, iogurte, qualhada e similares, pois o bebê está crescendo muito rápido e precisa de cálcio para formar os dentes e ossos, se a mãe não ingere, vai faltar cálcio pro bebê e as reservas da mãe serão “doadas” através do leite, assim, mãe e filho ficam com deficiência.

As proteínas (carnes, leite e derivados) formam os tecidos e anticorpos, ou seja, não pode faltar de jeito nenhum.

A vitamina A é responsavel pela visão e sua deficiência pode causar segueira noturna.

As vitaminas do complexo B ajudam no metabolismo de carboidrato, gordura e proteína, ou seja, se ficar sem elas é o mesmo que ficar sem energia e sem todos os benefícios do carboidrato, da proteina e do lipídeo, além de fica sem os benefícios dessas vitaminas.

Não só esses nutrientes, mas todos são importantes, por isso procure um nutricionista, peça um complexo vitaminico e faça uma dieta SUPER saudável.

IMPORTANTE

– Seu leite não é fraco, ele tem tudo que SEU filho precisa.

– A quantidade de leite produzida é proporcional à demanda.

– Nos primeiros dias é normal que você produza pouco leite, lembre-se que o estômago do seu bebê é bem “pequeniniho” ainda.

– Ingira muito líquido.

– Este não é o melhor momento para fazer dieta, aliás seu excesso de peso é essencial, mas isso não é motivo para comer além do necessário e não estou apoiando a obesidade,ok!

– Até os 6 meses de vida só o leite materno já é suficiente. Após esse perído introduza gradualmente os alimentos sólidos, água e sucos e continue amamentando até os 2 anos ou mais.

– Refrigerantes, principalmente os que são a base de cola, roubam o cálcio dos ossos e dentes, então se quer um filho com saúde de ferro deixe que ele descubra essas bebidas mais tarde (bem mais tarde).

– Evite produtos com cafeína ela passa para seu bebê através do leite, aliás, tudo que você ingerir passa pelo leite.

– Formulas infantis (leite em pó) e leite de vaca só seram permitidos se o nutricionista ou pediatra prescreverem. [ PS: O leite da vaca é produzido para o bezerro que nasce com 30Kg e chega aos 200kg com 1 ano, esse não é o caso de seu filho. O leite de outros animais vai machucar o intestino do bebê e pode causar alergias e intolerâncias].

Não ofereça nem deixe ninguem oferecer outro leite para seu filho.

– Com o leite materno você previne alergias no bebê e cancer de mama em você.

– Outra vantagem é que ele é a opção mais barata (e saudável).

– Amamentando você aumenta o vínculo mãe-filho.

– Nos primeiros 7 dias o leite materno é chamado de colostro, ele é amarelado e mais viscoso. Além de ser rico em proteína (anticoprpos, imunoglobulinas, substâncias antiinflamatórias e antimicrobianas – 1ª defesa da criança), vitamina A e minerais

– Seu bebê precisa de gordura BOA para desenvovimento cerebral, ele irá consegui-la se você ingerir azeite, abacate, cocô entre outros.

– Inicie o aleitamento na primeira meia hora de vida da criança, e exija quarto conjunto no hospital.

Essas são algumas dicas sobre ALEITAMENTO MATERNO, durante a semana publicarei mais dicas bem interessantes.


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: