Anorexia e Bulimia

20 04 2011

A ANOREXIA e a BULIMIA são alguns dos transtornos alimentares mais falados atualmente, eles são disturbios patológicos que normamente tem origem em problemas psicológicos, emocionais, cognitivos, fisiológicos e alimentares levando o indivíduo a ter uma visão distorcida da propria imagem.

Qual a diferença entre eles?

Na ANOREXIA a pessoa sente muito medo de engordar e por isso consome poucas calorias que resulta em emagrecimento intenso. Esse jejum pode causar sérios problemas como a falta da menstruação,  depressão profunda, diminuição ou ausência da libido, os homens podem ficar estéreis, desnutrição e problemas por carências de nutrientes como crescimento retardado, má formação do esqueleto, pele e cabelos ressecados, cansaço, descalcificação dos dentes (perda de calcio) e ossos – podendo levar a osteoporose e osteopenia-  obstipação grave (intestino “preso”) ou diarréia por uso de lax, problemas renais, desidratação, hipercolesterolemia, alterações de paladar, queda de pressão (hipotensão), arritmia cardiaca, anemia.

Como identificar a pessoa anorexia?

– Se ela se recusar a se manter em peso normal para a altura e idade.

– Medo interior de ganho de peso ou se tornar gordo, mesmo com peso abaixo do normal.

– Uso de inibidores de apetite ou diuréticos sem restrição.

– Falta de menstruação por 3 ciclos consecutivos.

– Perturbações com o modo de encarar o corpo

É importante ressaltar que o caso deve ser cuidadosamente investigado, já que são ações comuns de muitas pessoas, mas que quando feitas com cautela não são agressivas.

O anorexo também é bastante organizado, tem traços de depressão, ansiedade, sofreu algum abuso na infância (sexual ou não).

Hoje sofremos ataques da mídia que nos força a engolir padrões de beleza que não são a realidade de todas as pessoas (tanto mulheres como homens). É importante pensar em saúde, ser magra demais é tão ruim como obesa.

Essas pessoas devem passar por acompanhemto médico, nutricional e psicológico para assim avaliar o caso e tratar o que for preciso. Além de ter a família sempre por perto apoiando. Em alguns casos a pessoa deve ser internada em algum hospital para recuperar o estado de saúde.

Já o BULIMICO ingere o alimento, mas tem comprtamento compensatórios de eliminação por vômitos, uso abusivo de laxantes, diuréticos e atividade fpisica excessiva.

Eles precisam do mesmo acompanhamento nutrcional, médico e psiquiátrico, juntamente com a família.

Este indivíduo também possui sérias carência nutricionais e todos os outros sintomas citados na anorexia além de garganta irritada, e feridas do esôfago (esofagite, por exemplo) causadas pelo contato com a acidez do estômago no vômito.

Ambos os casos devem ser tratado com muito carinho, se trata de pessoas com problemas psicológicos graves e muitas vezes a conversa, amor e acolhimento de amigos e familiares já resolve grande parte do problema.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: